Natura ajuda consultoras a capitalizar projetos

Bimestral/Relações com Investidores/Temas/Edição 91 / 1 de março de 2011
Por 


Há cinco anos a funcionária pública e consultora da Natura Adele Saraiva Campos contribui para a formação de crianças carentes da Zona Norte da cidade de Natal (RN). Ela é a fundadora do Espaço Cultural e Núcleo de Formação Musical, que já recebeu mais de 500 alunos em salas de aula instaladas na casa do seu irmão. “Hoje, só na parte de teoria musical, temos por volta de 200 estudantes”, orgulha-se Adele, que é também musicista e pedagoga. O projeto atende a crianças a partir de cinco anos, mas há alunos de até 50. São oferecidas aulas de flauta doce, teclado, violão, guitarra e contrabaixo. Em dezembro de 2011, a Natura abriu uma nova perspectiva para o projeto de Adele: o Programa Acolher.

Em sua primeira edição, a iniciativa da fabricante de cosméticos procura incentivar os cerca de 1 milhão de consultores da marca a inscrever projetos sociais para receberem doações. São duas as categorias do programa: a Semente, dos empreendimentos em fase de implantação; e a Crescente, daqueles já consolidados. Os cinco vencedores da primeira categoria receberão R$ 5 mil cada, e os cinco ganhadores do grupo Crescente, R$ 15 mil. Haverá também premiação de R$ 15 mil para a iniciativa mais votada no site do Acolher (www.movimentonatura.com.br/acolher). Os recursos deverão ser aplicados na ampliação das atividades do projeto, e os resultados do prêmio são aguardados para abril.

Se ganhar, Adele pretende iniciar aulas de dança e, no futuro, atividades de desenho e pintura. “O mais gratificante é ver que as crianças aprendem, se tornam cidadãos responsáveis e desenvolvem seus talentos”, conta. Um dos exemplos mais notáveis da sua escola é o violoncelista Diego Paixão, que foi seu aluno e atualmente é estagiário da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Sustentabilidade e Responsabilidade Social Práticas de sustentabilidade Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Telefônica estimula voluntariado dos funcionários
Próxima matéria
É importante a certificação digital de procurações eletrônicas para o voto em assembleias?



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Telefônica estimula voluntariado dos funcionários
Todos os anos, a analista financeira sênior da Telefônica Viviane Viana tira um dia de trabalho para realizar benfeitorias,...