Regulador americano quer endurecer normas para negociações com algoritmos

O mercado americano pode ter regras mais duras para negociações de alta frequência por meio de algoritmos (HFT, na sigla em inglês). Pelo menos é o que pretende a Commodity Futures Trading Commission (CFTC), regulador dos mercados de futuros e opções no país. Em documento de 521 páginas colocado em …

Legislação e Regulamentação / Seletas / Edição 10 / Internacional / 4 de novembro de 2015
Por 


Ilustração: Grau 180.com.

Ilustração: Grau 180.com.

O mercado americano pode ter regras mais duras para negociações de alta frequência por meio de algoritmos (HFT, na sigla em inglês). Pelo menos é o que pretende a Commodity Futures Trading Commission (CFTC), regulador dos mercados de futuros e opções no país. Em documento de 521 páginas colocado em audiência pública no fim de novembro, a CFTC propõe uma série de medidas com o intuito de evitar acidentes nas negociações — como o caso do flash crash, ocorrido em 2010, quando o índice Dow Jones desabou 9% em poucos minutos.

De acordo com reportagem publicada pelo jornal Financial Times, uma das propostas promete levantar debate acalorado na indústria. A CFTC quer que os traders mantenham um arquivo de todos os algoritmos usados para as operações — um segredo que guardam com afinco. O objetivo é que o governo possa acessar as informações para inspecioná-las quando julgar necessário.

A indústria não gostou nada da possibilidade de ter que compartilhar seus códigos com o governo, e se opõe em peso à medida. Um dos maiores medos é que as informações acabem se tornando públicas de alguma forma, o que revelaria estratégias e conteúdos confidenciais.

O documento também prevê que as empresas operadoras de algoritmos se registrem na CFTC e sejam submetidas a certas medidas de segurança, como o limite do número de ordens de compra e venda que podem enviar em um determinado período de tempo e a implantação de mecanismos eletrônicos que cancelem negociações com potencial para desequilibrar os pregões.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  SEC Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Quente e frio
Próxima matéria
Câmara dos deputados rejeita MP sobre planejamento tributário



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Quente e frio
No mundo dos investimentos, a tendência de deixar as emoções sabotarem a razão tem nome: “lacuna de empatia quente...