Insider pós-Lava Jato

Conselhinho reverte absolvição determinada pela CVM em caso envolvendo negociação de ações da Suzano Petroquímica

Legislação e Regulamentação / Reportagem / 29 de julho de 2017
Por 
O Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional, o conselhinho, reverteu uma decisão da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e condenou o Banco Prosper e outros nove investidores por insider trading. Todos eles negociaram ações da Suzano Petroquímica em julho de 2007, às vésperas do...

Este conteúdo é restrito a assinantes! Faça login >

paywall2 paywall

Se já é assinante, faça login:



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  CVM Insider trading Suzano Petroquímica Conselhinho Banco Prosper

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Mais leve
Próxima matéria
Por um momento de reflexão




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Mais leve
Sem poder contar com a forte expansão de demanda que fez a alegria das companhias aéreas até o início desta década,...