Em caso inédito, SEC multa firma por retaliar delator

Legislação e Regulamentação/Internacional/Edição 131 / 1 de julho de 2014
Por 


Desde 2011, a Securities and Exchange Commission (SEC), regulador americano, vem apostando em seu programa de delação. Quem denunciar práticas de mercado que resultem em multas maiores que US$ 1 milhão pode receber uma recompensa em dinheiro pela informação. Polêmica, a iniciativa distribuiu US$ 14 milhões em prêmios em 2012; a tendência é que o valor aumente ano a ano. Em junho, contudo, a SEC se deparou com uma situação inédita. Pela primeira vez, teve que punir um participante do mercado por retaliar um delator. A Paradigm Capital Management e seu dono foram multados em US$ 2,2 milhões por marginalizar o diretor de negociações que denunciou condutas irregulares da gestora.

Após descobrir a delação, o chefe não demitiu o profissional, cujo nome é mantido em sigilo. No entanto, rebaixou-o na hierarquia interna e fez outras retaliações consideradas abusivas pela SEC. Segundo o delator, a Paradigm não informava os clientes de que tinha conflitos de interesse em muitas das operações realizadas. Por causa dessa denúncia, a gestora foi punida com uma multa de US$ 2 milhões.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  SEC CAPITAL ABERTO mercado de capitais conflito de interesses multa delação premiada Paradigm Capital Management Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Índia anuncia reforma do mercado de capitais
Próxima matéria
Itaú é réu de batalha jurídica em Nova York



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Índia anuncia reforma do mercado de capitais
O Securities and Exchange Board of India (Sebi), regulador do mercado indiano, tem trabalhado intensivamente para adaptar...