Índice irá apontar fundos que mais investem em empresas poluentes

7/10/2014

Gestão de Recursos / Temas / Internacional / 7 de outubro de 2014
Por 


Um novo índice pretende expôr os investidores institucionais que colocam dinheiro em companhias poluentes, em vez de se voltarem para empresas que lançam menos carbono na atmosfera. A organização não governamental Asset Owners Disclosure Project (AODP), voltada a alertar poupadores dos riscos de longo prazo trazido por mudanças climáticas, pretende lançar, em 2015, o Global Climate Investment Index. A ideia é analisar os portfólios de investidores institucionais que, somados, aplicam mais de US$ 70 trilhões e têm participações relevantes em mais de metade das companhias listadas globalmente. A maioria dos gestores analisados serão fundos de pensão.

De acordo com o AODP, apenas 2% dos ativos sob gestão das mil maiores fundações do mundo são investidos em empresas de baixa emissão de carbono. Ao ignorar os problemas que as mudanças climáticas podem trazer para o planeta, os grandes fundos de pensão estariam colocando em risco o patrimônio de seus cotistas.


Quer continuar lendo?

Você já leu {{limit_offline}} conteúdo(s). Gostaria de ler mais {{limit_online}} gratuitamente?
Faça um cadastro!

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CAPITAL ABERTO mercado de capitais ESG Fundo de pensão Mudanças climáticas índice AODP Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Acionistas na justiça
Próxima matéria
Empresa de HFT tem que pagar US$ 1 milhão à SEC por manipulação de mercado




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Acionistas na justiça
Este encontro foi patrocinado por:A especialização é essencialO mercado de capitais brasileiro cresceu, assim...