Ilustres anônimos

Como quatro cidadãos comuns alcançaram sucesso financeiro investindo na bolsa brasileira

Bimestral/Relações com Investidores/Prateleira/Temas/Edição 91 / 1 de março de 2011
Por 


A BM&FBovespa vem empreendendo um grande esforço para ampliar o número de investidores em companhias abertas, com metas explícitas de fazer a quantidade atual de aproximadamente 615 mil investidores chegar a 5 milhões em poucos anos. Um pilar fundamental dessa estratégia de expansão é convencer o chamado “cidadão comum” de que ele pode direcionar parte de sua poupança para financiar a economia real e ainda ter sucesso financeiro. Casos de Sucesso no Mercado de Ações é mais uma prova de que isso é possível. O livro traz histórias de quatro indivíduos anônimos que ganharam dinheiro investindo em ações desde a década de 70.

Os depoimentos desses verdadeiros sobreviventes dos altos e baixos das bolsas de valores demonstram de forma convincente que há várias táticas para investir em empresas de capital aberto e ser bem-sucedido. Os perfis dos quatro protagonistas do livro não poderiam ser mais diversos: um engenheiro mineiro, um médico alagoano, um paulistano de família rica, e um gaúcho formado em administração de empresas, que, aos 24 anos, foi trabalhar como agente autônomo de investimentos. Cada um desenvolveu um estilo adequado à sua personalidade para lidar com o estresse do mercado. A diversidade inclui tanto o analista fundamentalista — o engenheiro que copiava os balanços das companhias e criava à mão suas planilhas —, quanto o operador impetuoso, o “day trader”, capaz de comprar e vender ações no mesmo dia sem analisar as empresas, confiando apenas na intuição e em dicas de amigos.

Mas também há algumas semelhanças bastante relevantes entre os personagens principais. Nenhum deles começou a participar do mercado com o propósito específico de ficar milionário. “O que importa é a jornada, não o destino”, diz a sabedoria popular. Nesse caso, como em tantos outros, o êxito foi um subproduto do trabalho árduo e de características como perseverança, sagacidade e convicção das ideias. Fora isso, as estratégias seguidas por esses anônimos têm uma série de princípios em comum. Um exemplo é o fato de todos professarem o mantra de não seguir a “manada” e atuarem sempre com ampla margem de segurança, isto é, comprando quando os preços apresentam forte distorção do valor intrínseco do ativo.

Conforme temos ouvido repetidamente, “nunca antes na história deste País” as condições econômicas foram tão favoráveis. Se observarmos o comportamento do mercado desde a década de 90, raros são os períodos, se é que ocorreram, em que tenha havido tão harmoniosa combinação de perspectivas promissoras e estabilidade econômica. Tal ambiente conduz a expectativas positivas para o investimento em bolsa. Ainda assim, para quem entrou no mercado de aplicações após 2004 e se inspira nos relatos de vida desse livro, vale uma advertência: para cada investidor com uma história de ganhos, há vários outros que perderam dinheiro. Isso é o que os estatísticos chamam de problema de seleção adversa. Se escolhermos apenas exemplos de sucesso ao levantar- mos uma amostra para estudar o potencial de cidadãos comuns se tornarem ricos aplicando na Bolsa, teremos a falsa impressão de que todos podem ganhar. Como disse o escritor norte-americano Alex Haley, “a história é contada pelos vencedores”.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  investimentos Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Uma vida de fusões
Próxima matéria
Mais transparência nas transações com partes relacionadas



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Uma vida de fusões
O assunto era física quântica, mas a maioria dos alunos inscritos no curso fora atraída por aspectos filosóficos e modismos...