IFC e GCGF lançam kit para solucionar conflitos de governança

Bimestral / Governança Corporativa / Temas / Internacional / Edição 93 / 1 de maio de 2011
Por 


Desde 2007, a International Finance Corporation (IFC), membro do Banco Mundial, e o Global Corporate Governance Forum (GCGF) vêm ajudando as companhias a adotarem, em sua estrutura de governança, um método eficiente para resolução de conflitos entre acionistas, conselheiros e executivos. Foram promovidos workshops sobre o assunto na Bósnia, no Paquistão, na Ucrânia, na França e nos Estados Unidos. Agora, toda essa experiência foi compilada em um kit de três cartilhas, disponibilizado pelo IFC, em abril, na internet.

Escrito por Eric M. Runesson, sócio do escritório de advocacia sueco Sandart & Partners, e Guy Marie-Laurence, diretora de projetos do GCGF, o kit fornece orientações para empresas, reguladores, mediadores e conselheiros. O primeiro volume explora por que a aplicação de métodos alternativos de solução de litígios é mais rápida e menos custosa. O segundo centra-se na implementação e no uso dos mecanismos de resolução de conflitos. Já o terceiro traz técnicas de treinamento e aborda quais habilidades e experiências os mediadores devem ter para exercer esse papel de modo eficaz.

“Se nada for feito, as disputas podem ter um impacto altamente negativo na reputação, nas operações, no desempenho e na capacidade de a empresa tomar decisões estratégicas”, avalia Marie-Laurence Guy, que liderou o desenvolvimento das cartilhas. “Ter políticas adequadas para administrar e resolver conflitos faz parte de uma boa gestão de riscos.”


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  mercado internacional Governança Corporativa Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Fundações mexicanas podem comprar mais ativos estrangeiros
Próxima matéria
Investidores de cotas de fundos de hedge miram emergentes




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Fundações mexicanas podem comprar mais ativos estrangeiros
Os fundos de pensão mexicanos terão um estímulo para tornar mais arrojadas suas estratégias de investimento. A Comissão...