Um plano sustentável

Geração de valor é a única dimensão que maximiza riqueza para todos os stakeholders

Governança Corporativa/Artigo/Edição 136 / 1 de dezembro de 2014
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


artigoA ausência de monitoramento da geração de valor econômico nas empresas, por parte do conselho de administração, deve ser suprida por um plano de geração de valor (PGV). Ele constitui tanto um contrato de governança quanto a evidência de que o conselho assume a responsabilidade por supervisionar ativamente o processo de criação de valor para o acionista. O aparente dilema entre essa atividade e a otimização de resultados para todas as partes interessadas relevantes (stakeholders) é superado pela constatação de que empresas produtivas são mais propensas a gerar valor. Essa produtividade não ocorre à custa dos funcionários, pois a criação de valor é a única dimensão que maximiza riqueza para todos os stakeholders.

O conceito de valor gerado pela atividade empresarial reside no lucro residual apresentado após o débito do custo de capital contra o resultado líquido de impostos. Por sua vez, o custo de capital considera todos os distintos custos das diferentes fontes de capital (sócios, investidores, credores e fornecedores), de modo a obter o cálculo do custo médio ponderado de todo o capital investido na operação. Resumindo: lucro econômico = capital investido x (retorno sobre o capital investido – custo médio ponderado de capital).

Embora apreensível de pronto, esse conceito pode se tornar desafiador quando aplicado à prática do monitoramento de desempenho das empresas. Com base num PGV, no entanto, o conselho está apto a avaliar e a deliberar. Ele parametriza metas; agiliza a decisão; estabelece o retorno mínimo exigido para investimentos; assenta o sistema estratégico de remuneração; define a métrica de avaliação equânime dos retornos para as partes interessadas relevantes; permite aferir o valor do patrimônio a mercado; e baliza a inteligência empresarial.

O plano requer uma série de definições. Qual será a métrica para mensurar o valor econômico excedente ao custo de capital? Quais serão os direcionadores? Que pontos de controle serão aferidos? Quem serão os responsáveis pela medição? Sob que calendário? O PGV exercerá sua função suprema quando operar num modelo dinâmico que reproduza a equação de produção desejável para a empresa.

Outras perguntas ainda devem ser feitas na elaboração do plano, cada uma das quais comporta uma série de outras questões. Para que tipo de empreendimento será mobilizado o capital? Qual será a estrutura de capital? Que montantes serão mobilizados? De que fontes? Qual será a política de remuneração? Qual será a inserção da empresa no mercado de trabalho? Qual será a política de investimentos? Como será financiado o caixa de investimento? Quais são as premissas para proposta de um projeto de investimento?

O PGV pode ser ferramenta crucial, colocada à disposição do conselho de administração para assegurar que a empresa gere a liquidez que remunerará os doadores de capital, de sorte a garantir a sustentabilidade da operação. Peter Drucker escreveu: “Até que um negócio retorne um lucro que seja maior do que seu custo de capital, ele opera em perda. Não importa que pague impostos como se tivesse um lucro genuíno. A empresa ainda retorna menos do que a economia que ela devora em recursos. […] Ela não cria riqueza, mas a destrói”.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 36 00

Mensal

Acesso Digital
-
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Completa

R$ 42 00

Mensal

Acesso Digital
Edição Impressa
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Corporativa

R$ 69 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 15% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Clube de conhecimento

R$ 89 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 20% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital | Acervo de Áudios



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  conselho de administração liquidez CAPITAL ABERTO mercado de capitais stakeholders lucro custo de capital plano de geração de valor PGV maximização de riqueza Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Ricaços na mira
Próxima matéria
De volta ao jogo (Fibria)



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Ricaços na mira
O HSBC está sob holofotes devido ao vazamento de uma lista de clientes seus com contas bancárias na Suíça. Muitas delas...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}