UE quer mais transparência em aspectos ambientais e sociais

Governança Corporativa/Internacional/Edição 128 / 1 de abril de 2014
Por 


Em abril, a União Europeia vai votar uma proposta para tornar as grandes empresas mais transparentes no que diz respeito a questões ambientais e sociais, bem como a medidas de diversidade. Se aprovado, o projeto fará que 6 mil companhias lancem relatórios sobre diversidade no conselho de administração, impactosno meio ambiente, direitos humanos, esforços anticorrupção, entre outros assuntos. A maioria das afetadas tem capital aberto, mas algumas fechadas também terão que prestar contas. Atualmente, de acordo com levantamento da União Europeia, apenas 10% das empresas alvo da lei publicam relatórios sobre esses itens.

No campo financeiro, a ideia é dar mais abertura à atuação do sistema chamado de shadow banking. O termo abarca atividades, por exemplo securitização e empréstimos, que não passam por órgãos reguladores — bastante comuns, principalmente antes da crise de 2008, na Europa, Ásia e nos Estados Unidos. Com essa medida, a União Europeia pretende mudar a maneira como o continente capta recursos, tornando-o menos dependente dos bancos comerciais.

Ilustração: Eric Peleias


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CAPITAL ABERTO mercado de capitais União Européia Transparência relatório socioambiental shadow banking securitiazação Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Bolsa de Santiago lançará plataforma para empresas do ramo de mineração
Próxima matéria
Pena torta



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Bolsa de Santiago lançará plataforma para empresas do ramo de mineração
A chilena Santiago Stock Exchange anunciou uma parceria com a TSVX, subsidiária da canadense TMX, para criar uma bolsa dirigida...