Reflexão necessária

Todas as organizações podem se beneficiar de uma autoavaliação estruturada

Governança Corporativa/Governança/Edição 118 / 1 de junho de 2013
Por 


Na coluna anterior, analisamos dez princípios globais de governança corporativa, aplicáveis a qualquer tipo de organização. É necessário dar um pouco mais de concretude ao tema e mostrar como as empresas podem criar programas que elevem seus padrões de governança.

O primeiro passo consiste em uma reflexão estruturada das principais lideranças sobre os temas-chave subjacentes à boa governança corporativa. Essa autoavaliação possui quatro objetivos centrais:

1. aprimorar continuamente o processo decisório, para garantir que as decisões sejam tomadas no melhor interesse de longo prazo da organização;
2. reduzir a chance de surpresas negativas;
3. proporcionar elevada transparência para os públicos interno e externo;
4. promover o exercício efetivo dos direitos de todos os sócios.

Cada objetivo se desdobra em questões específicas que podem embasar uma reflexão interna. A tabela ao lado mostra questões-chave a se considerar.

A resposta a elas possibilitará o entendimento dos pontos críticos de governança enfrentados pela organização. Na sequência, devem-se analisar as centenas de recomendações de melhores práticas de governança disponíveis nos diversos documentos nacionais e internacionais de referência sobre o tema, vis-à-vis os principais pontos críticos de governança identificados pela organização.

É desse comparativo fundamental que deverá emergir a “agenda de governança” da empresa, com a definição das principais mudanças organizacionais e práticas a serem adotadas no curto, no médio e no longo prazos. O processo completo para criar uma agenda de governança adaptada à realidade de cada empresa é ilustrado na figura abaixo.

A jornada rumo a padrões mais elevados de governança integra um amplo processo de reflexão interna das lideranças. Não significa, portanto, o mero cumprimento mecânico de um conjunto de recomendações retirado dos códigos de boas práticas. É possível que, naturalmente, as recomendações não sejam aplicáveis, ou ainda não agreguem valor à organização em determinado momento.

Ao final desse processo — aplicável inclusive a entidades sem fins lucrativos —, teremos organizações de excelência em governança. São aquelas que, do ponto de vista interno, tomam decisões no melhor interesse de longo prazo da entidade e cumprem as regras; e, do ponto de vista externo, são transparentes com seus stakeholders e dão plenos direitos a todos os acionistas de forma equitativa.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 36 00

Mensal

Acesso Digital
-
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Completa

R$ 42 00

Mensal

Acesso Digital
Edição Impressa
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Corporativa

R$ 69 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 15% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Clube de conhecimento

R$ 89 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 20% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital | Acervo de Áudios



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Governança Corporativa Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
A quebra de um manipulador
Próxima matéria
Perdas e danos



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
A quebra de um manipulador
Em 9 de junho de 1989, um cheque sem fundos de 38 milhões de cruzados novos (cerca de US$ 12,5 milhões) encerrou a maior...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}