Exercício de superação

Rodrigo Galindo

Governança Corporativa/Relevo/Edição 121 / 1 de setembro de 2013
Por 


Graduado em direito e mestre em educação, Rodrigo Galindo, presidente da Kroton, herdou de seu pai, Altamiro, a paixão pelo setor educacional. Sua família é fundadora da Iuni, rede de ensino mato-grossense comprada pela Kroton em 2010. “Aos 13 anos, comecei a trabalhar com educação e passei por todos os setores administrativos e acadêmicos”, conta o CEO. Sob sua liderança, a Kroton tem se superado a cada ano. Vai se tornar a maior companhia de ensino do mundo em valor de mercado, após a fusão com a Anhanguera. Anunciada em abril, a operação aguarda aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A seguir, Galindo fala à Relevo.

União com a Anhaguera
“Uma qualidade da Kroton foi saber dar passos na medida das suas possibilidades. Há mais de um ano, vínhamos estudando oportunidades de união com todas as companhias brasileiras de capital aberto de educação. Embora negociar a fusão tenha sido um processo curto — levou cerca de cinco dias —, a decisão estratégica foi demorada. Sete meses antes do anúncio da operação, concluímos que a Anhanguera era a melhor parceira.”

Bloco de controle
“O contexto precisa ser considerado ao se escolher a melhor estrutura de capital para a companhia. Se a Kroton tivesse se tornado uma corporation em 2010, teria feito a decisão errada. A empresa ainda precisava estabelecer claramente as suas regras de governança e fortalecer a diretoria executiva. Em 2012, com essa lição de casa feita, estávamos prontos para migrar para o Novo Mercado e nos tornarmos uma companhia de capital pulverizado. Mesmo sem bloco de controle, entregamos ótimos resultados em 2013.”

Subsídio governamental
“O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) tem ajudado a manter a resiliência das redes de ensino superior em tempos de alta do desemprego. Quando você olha o exemplo, fica fácil entender: um indivíduo que ganha R$ 1.500 e paga R$ 500 de mensalidade escolar logo desiste da faculdade quando perde o trabalho. Porém, com o Fies, em vez dos R$ 500, ele gasta R$ 17. Então, mesmo desempregado, é provável que a família o ajude até se recolocar. Hoje, 30% da receita líquida da Kroton vem de algum programa subsidiado pelo governo.”

Royalties do pré-sal
“A iniciativa do governo [de alocar os royalties no setor de educação] pode mudar a estrutura educacional brasileira. Fico feliz com essa notícia não só como executivo de uma companhia de ensino, mas também como brasileiro, porque ela vai ampliar o acesso das pessoas à educação. Porém, não adianta só elevar o investimento; é preciso aumentar a eficiência na alocação. Se isso for feito, teremos estudantes mais qualificados e menos evasão escolar nos ensinos fundamental e médio, o que significará um incremento no número de pessoas preparadas para ingressar na faculdade.

Futuro
“A linha que delimita ensino presencial e ensino à distância vai se tornar cada vez mais tênue. Apesar do preconceito que algumas pessoas têm contra o método digital, os indicadores apontam a equivalência na qualidade entre os dois. A idade média dos alunos do ensino à distância vem caindo há quatro anos. Uma década atrás, esse tipo de curso atendia a pessoas que não estudaram no momento adequado; hoje, mais alunos do ensino médio têm optado pela modalidade, seja pela familiaridade com o mundo digital, seja pela flexibilidade do ensino à distância.”


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Cade CAPITAL ABERTO mercado de capitais CEO Kroton Relevo Luciana Tanoue Rodrigo Galindo Conselho Administrativo de Defesa Econômica Anhaguera Fundo de Financiamento Estudantil Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Missão para um diplomata
Próxima matéria
Exercício de superação



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Missão para um diplomata
Em meio à rotina atribulada, João Nogueira Batista tinha uma tarefa a mais naquele dia. Além da atividade no Comitê...