Depois da Greenfield

A jornada dos atuais dirigentes dos fundos de pensão de estatais para recuperar a credibilidade

Governança Corporativa / Reportagem / 15 de junho de 2017
Por 
Talvez não exista maneira mais simples de ilustrar o desafio que hoje enfrentam os maiores fundos de pensão de estatais do País: Postalis (dos funcionários dos Correios), Petros (Petrobras), Funcef (Caixa Econômica Federal) e, em menor grau, Previ (Banco do Brasil) tentam sair definitivamente...

Este conteúdo é restrito a assinantes! Faça login >

paywall2 paywall

Se já é assinante, faça login:



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  Governança Gestão de Recursos Fundos de pensão Funcef Previ investimento Corrupção investigação Petros Postalis operação Greenfield

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Segredos corporativos
Próxima matéria
Impacto iminente




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Segredos corporativos