Criação de conselho consultivo na Gerdau desagrada minoritários

Governança Corporativa/Seletas/Edição 142 / 1 de junho de 2015
Por 


A Gerdau e a Metalúrgica Gerdau surpreenderam o investidor ao anunciar as propostas a serem deliberadas nas assembleias gerais deste ano. Dois pontos chamaram a atenção dos minoritários: a votação a respeito da saída das companhias do Nível 1 de governança corporativa da BM&FBovespa e a criação de comitês consultivos remunerados. A saída do Nível 1 acabou sendo rejeitada. As empresas queriam deixar o segmento para que André e Claudio Gerdau, presidente e vice-presidente da Gerdau, acumulassem a copresidência dos conselhos de administração da Gerdau e da Metalúrgica Gerdau. A concentração dos cargos de chairman e CEO é vedada nos segmentos de governança corporativa diferenciada da Bolsa. A criação dos comitês consultivos, contudo, foi levada adiante e causou indignação.

A partir de agora, as duas empresas manterão o órgão, composto de até quatro membros eleitos pelo conselho de administração, todos remunerados. Os estatutos dizem que o comitê opinará sobre assuntos que sejam encaminhados pelo board e emitirão recomendações e pareceres. Na manifestação de voto que acompanha a ata da assembleia da Metalúrgica Gerdau, a Guepardo, acionista minoritária da companhia, argumenta que a estrutura é “desnecessária, de função vagamente definida e custosa”. Afirma ainda que ela “pode potencialmente interferir nos poderes de direcionar os negócios da companhia dos órgãos estatutários legítimos”.

Na opinião da gestora, o novo colegiado beneficia apenas o acionista controlador — todos os seus integrantes são da família Gerdau —, no que seria uma tentativa de solucionar problemas privados de sucessão familiar. Por conta disso, a Guepardo argumenta que somente os acionistas donos de ações em circulação deveriam ter participado da votação da proposta.

A criação de conselhos consultivos não é condenada pelo código de melhores práticas do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), mas sua criação não seria indicada para a Gerdau. De acordo com o documento, o órgão é cabível nas organizações em estágio inicial de adoção de práticas de governança — o grupo Gerdau pertence ao Nível 1 desde 2001 — e deve ser formado, preferencialmente, por membros independentes, recomendação também ignorada pela companhia.

A Guepardo reclama ainda, do processo de votação para escolha dos conselheiros de administração, que utilizou o método do voto múltiplo. A gestora discorda da contagem feita durante a assembleia. Segundo ela, se o cômputo tivesse sido realizado corretamente, os minoritários ocupariam uma das vagas do board, que acabou composto apenas de membros indicados pelo controlador.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Gerdau CAPITAL ABERTO mercado de capitais Minoritários Metalúrgica Gerdau conselho consultivo Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
CVM faz ajustes na regra de fundos de investimentos
Próxima matéria
Dê a sua opinião



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
CVM faz ajustes na regra de fundos de investimentos
Substituta da norma 409 na regulação dos fundos de investimentos, a Instrução 555 sofreu pequenos ajustes no mês passado....