Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Canadá exigirá maioria absoluta em eleição de conselheiros

A Toronto Stock Exchange (TSX) anunciou, em fevereiro, que vai modificar seu código de emissores, obrigando as companhias listadas a adotar a maioria absoluta de votos para eleição de conselheiros em suas assembleias. Só será considerado eleito o candidato que for aprovado por mais da metade dos acionistas participantes. A regra começará a valer a partir de junho deste ano. Atualmente, as companhias podem eleger conselheiros por maioria simples, e as abstenções não são consideradas. A prática acaba legitimando candidatos com apoio reduzido dos investidores. Depois da mudança, as abstenções deverão ser consideradas como voto contrário.

A alteração, entretanto, deve afetar poucas companhias listadas em Toronto, pois 76% das emissoras da TSX já vêm adotando a eleição por maioria de votos nos últimos anos. A Canadian Coalition of Good Governance, grupo formado por investidores, briga há mais de seis anos por essa mudança e quer que outras bolsas canadenses sigam o caminho da Bolsa de Toronto.


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.