Brasileira está em lista de dez “estrelas” de governança

Bimestral/Governança Corporativa/Internacional/Edição 90 / 1 de fevereiro de 2011
Por 


A brasileira Sandra Guerra está na lista das dez personalidades mais importantes do mundo em governança corporativa, segundo a publicação Global Proxy Watch, que há 15 anos se dedica à cobertura do assunto. A newsletter semanal ressalta que Sandra, sócia da consultoria Better Governance e conselheira da International Corporate Governance Network (ICGN), publicou um estudo sobre o papel dos conselhos de administração e da propriedade corporativa entre as empresas brasileiras, abrindo espaço para que o tema ganhe relevância no País.

Sandra divide o pódio com nomes de peso em governança. As outras nove personalidades selecionadas pela Global Proxy Watch são: Phil Armstrong, chefe do Global Corporate Governance Forum; Michel Barnier, comissário encarregado da reforma do sistema financeiro na Europa; Lucien Bebchuk, diretor da Harvard Law School Program on Corporate Governance; Richard Bennett, presidente executivo da GovernanceMetrics International; Ann Byrne, chefe do Australian Council of Superannuation Investors; Chris Dodd e Barney Frank, os dois parlamentares que patrocinaram a lei norte-americana Dood-Frank; Stephen Haddrill, CEO do Financial Reporting Council; e Mary Schapiro, presidente da Securities and Exchange Commission (SEC).


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Governança Corporativa Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Demanda interna
Próxima matéria
Esma substitui CESR na regulação do mercado de capitais europeu



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Demanda interna
A gestora de recursos Investidor Profissional (IP) nunca mostrou interesse pelas ofertas iniciais de ações (IPOs), nem mesmo...