Bank of America permite que acionistas indiquem conselheiros

Governança Corporativa / Internacional / Edição 140
/ 1 de abril de 2015
Por 


O Bank of America decidiu, em março, fazer uma mudança em seu estatuto para que alguns acionistas possam indicar candidatos ao conselho de administração. Outras empresas americanas, como a General Electric e a Prudential Financial, já seguiram pelo mesmo caminho.

A batalha dos investidores americanos para indicar candidatos ao conselho de administração é antiga. Em 2011, a Securities and Exchange Commission (SEC) chegou a propor que não só os administradores, mas também os acionistas, tivessem o direito de incluir nomes de candidatos no material de votação para o conselho de administração. Vetada pelo Tribunal de Apelações do Distrito de Columbia, a sugestão daria a fundos de pensão, sindicatos e outros grandes investidores mais influência sobre as empresas americanas.

De acordo com o Bank of America, acionistas detentores de pelo menos 3% de seus papéis há pelo menos 36 meses poderão indicar candidatos ao conselho. A companhia autoriza que até 20 investidores agrupem ações para chegar a esse limite. Com isso, o Bank of America cede à pressão de importantes fundos de pensão, como o California Public Employees’ Retirement System (CalPERS).


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  SEC CAPITAL ABERTO mercado de capitais Bank of America acionistas conselho conselheiros Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Petrobras divulga números auditados, com reprovação de conselheiros
Próxima matéria
SEC investiga boicote à delação premiada



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Petrobras divulga números auditados, com reprovação de conselheiros
Na noite do dia 22 de abril, a Petrobras divulgou o balanço anual do ano passado e as demonstrações financeiras do terceiro...