Minoritário pode ganhar novos direitos em Londres



A Financial Conduct Authority (FCA) pretende aumentar o direito do minoritário de companhia listada no segmento premium da bolsa londrina. Entre as propostas da reguladora do Reino Unido está o voto em separado desse investidor na hora de eleger conselheiros e aprovar a deslistagem de uma empresa. Eles também passarão a ter acesso a acordos de acionistas firmados por aqueles que possuem 30% ou mais das ações. A exigência mostra o interesse da FCA em aumentar o escrutínio sobre estruturas acionárias complexas. As propostas estão em consulta pública e devem entrar em vigor no começo de 2014.

As mudanças sugeridas pela autoridade são uma resposta a abusos promovidos por duas empresas de mineração: a casaquistanesa ENRC e a indonésia Bumi. A primeira está sendo investigada pela agência antifraude britânica por suborno e corrupção e está em processo de deslistagem, depois de uma queda de 54% em suas ações desde o IPO, em 2007. A segunda pretende mudar de nome e dar saída a um de seus principais sócios, uma família indonésia. A disputa interna entre os acionistas majoritários da Bumi é uma das principais causas do declínio no valor de mercado da companhia, que chegou a ter a negociação de suas ações suspensa por três meses devido a falhas no informe de demonstrações financeiras.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Governança Corporativa CAPITAL ABERTO mercado de capitais Reino Unido Londres regulação Minoritários FCA Bumi ENRC mineração Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Fundos de pensão se tornam mais ativistas
Próxima matéria
Bônus antecipados crescem nos Estados Unidos



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Fundos de pensão se tornam mais ativistas
Durante muito tempo, os fundos de pensão foram discretos em suas participações em assembleias, mas agora estão se aproximando...