Acionistas insistem na transparência em gastos políticos

Governança Corporativa / Internacional / Edição 127 / 1 de março de 2014
Por 


A Securities and Exchange Commission (SEC) declarou, em dezembro de 2013, que a proposta de tornar as companhias mais transparentes com seus gastos políticos tinha saído da agenda de discussões para este ano. Mas o Forum for Sustainable Responsible Investment (US SIF), instituição que representa investidores e empresas interessados em investimentos social e ambientalmente responsáveis, não deixou o assunto passar em branco. Em manual lançado em fevereiro, conclamou seus membros a submeter petições à SEC que solicitem regras de disclosure para o financiamento de campanhas eleitorais.

O documento incentiva os investidores a levar o assunto para as assembleias, submetendo propostas que exijam transparência nos gastos políticos. O US SIF também sugere aos acionistas que se aproximem das consultorias de voto para a implementação de políticas que desencorajem o gasto com campanhas eleitorais e contem aos profissionais de relações com investidores o que pensam a respeito do assunto. O manual traz ainda instruções de como encontrar empresas que tenham por regra não direcionar dinheiro para finalidades políticas, a exemplo de IBM e Colgate-Palmolive.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  SEC Estados Unidos CAPITAL ABERTO mercado de capitais Transparência US SIF gastos políticos Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Bolsa é lançada na Austrália para atrair pequenas
Próxima matéria
Canadá exigirá maioria absoluta em eleição de conselheiros




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Bolsa é lançada na Austrália para atrair pequenas
Uma nova bolsa foi lançada, em 20 de fevereiro, na Austrália. A Asia Pacific Stock Exchange (APX) pretende atrair empresas...