Gestores dão mais atenção às cias investidas nos tempos atuais

Gestão de Recursos / Temas / Internacional / Edição 72 / 1 de agosto de 2009
Por  e


Com a crise econômica batendo à porta, os gestores de private equity (PE) não tiveram opção. Precisaram, urgentemente, revisar suas estratégias de investimento, com o objetivo de garantir a performance de suas carteiras. A pesquisa Navigating your portfolio through turbulent waters, realizada pela Grant Thornton com base em dados da Association for Corporate Growth (ACG) e da Thomson Reuters, mostra que, este ano, 68% gestoras de private equity dos Estados Unidos estão gastando mais tempo cuidando da administração das companhias que já fazem parte de seu portfólio do que buscando novos negócios. Com isso, esperam reduzir prejuízos acumulados pelas empresas e aumentar a liquidez da carteira.

Além disso, os gestores estão investindo mais tempo em melhorias operacionais nas companhias, como estratégia para gerar retornos maiores. A meta é cortas custos desnecessários e reter talentos com um orçamento menor. Atualmente, 77% desses profissionais citam o aprimoramento da gestão operacional das empresas como principal fator agregador de valor nos próximos cinco anos, segundo pesquisa da Gotham Consulting Partners.

Outra estratégia que começou a ganhar força este ano é a de aquisições para consolidação do setor. No primeiro trimestre de 2009, esse tipo de transação representou 51% dos negócios fechados pelos fundos de private equity, 39,9% a mais do que no mesmo período de 2008. “Essa é uma forma de aumentar a receita durante o declínio econômico sem, necessariamente, gerar novos custos”, afirma Steve Brady, consultor de fusões e aquisições, no relatório do estudo da Grant Thornton.

Conteúdo extra

Clique e confira o estudo da Grant Thorton.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  private equity ACG Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
PRI lança cartilha de investimento responsável para o private equity
Próxima matéria
Recomendação de voto de consultor influencia cotação




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
PRI lança cartilha de investimento responsável para o private equity
O Principles for Responsible Investment (PRI), programa da Organização das Nações Unidas (ONU) dedicado a promover a inclusão...