Sexo, drogas e hedge funds

Autobiografia de operador de um fundo de hedge revela o lado obscuro do “buy side”

Gestão de Recursos/Prateleira/Edição 123 / 1 de novembro de 2013
Por 


The buy side, Turney Duff. Editora: Contable. 322 páginas, 1ª edição, 2013

Na metade da década de 2000, pode-se dizer que Turney Duff simbolizava o sonho americano em Wall Street. Então com 34 anos, o operador de fundo de hedge já tinha alcançado considerável sucesso, com direito a todos os benefícios da posição (bônus de milhões de dólares, mulheres e drogas). Por meio de um roteiro digno de um bom thriller hollywoodiano, The buy side conta a trajetória de Duff desde sua origem humilde no interior do estado do Maine, nos Estados Unidos, até o estrelato no mundo de alta voltagem dos fundos de hedge, para então sucumbir às drogas e perder tudo.

Na primeira parte do livro, somos convidados a entender como o meio do “buy side” funciona e alguns fundos de hedge ganham dinheiro. Duff é o típico herói improvável: não possuía MBA de uma escola respeitada, não era aluno brilhante, nem tinha conexões que o levassem para cima. Entretanto, sua força de vontade para vencer naquilo que se propunha era avassaladora. Tendo encontrado uma porta dos fundos aberta no mercado de capitais americano, ele entrou para ficar. Iniciou sua carreira por baixo no Morgan Stanley e em três anos foi convidado a associar-se a um fundo de hedge em ascensão, o Galleon Group. Em pouco tempo, absorveu a rotina de operador de hedge e começou a desenvolver uma rede de relacionamentos que se tornaria a base da sua história pessoal e profissional.

A segunda parte do livro descreve o caminho de Duff até o topo e os elementos que viriam a derrubá-lo. Conforme se torna reconhecido como um operador importante, ele passa a ser cortejado por todos os corretores de Wall Street, ávidos por conquistar as comissões que o seu elevado volume de negócios gera. Esses relacionamentos envolvem jantares, bebidas, viagens, mulheres e drogas. Em determinado momento, ele percebe a fonte da vantagem competitiva dos fundos de hedge: acesso a informação privilegiada. Essa descoberta acaba por criar um ciclo perigosamente sedutor. Quanto mais ativa é a sua vida social, mais gente ele conhece. Consequentemente, aumenta o dinheiro que ele ganha no mercado.

A última seção trata do caminho ao fundo do poço, quando a comédia se transforma no drama do juízo final. É a parte em que Duff se apaixona, se casa e tem uma filha — mas não consegue mudar seus hábitos, uma vez que a cocaína se enraizou em sua alma. Após uma tentativa séria de tratamento em clínica de reabilitação, ele passa dois anos sóbrio; no entanto, finalmente sucumbe à sua fraqueza e acaba com o casamento. A despeito de todo o dinheiro ganho ao longo dos anos, Duff é pego de surpresa pela crise do subprime após a compra de uma mansão e perde tudo. A narrativa parece tão inverossímil que assusta tratar-se da vida real.

O universo dos fundos de hedge já foi relatado em vários outros livros que descrevem seu estilo agressivo e, por vezes, inescrupuloso de obter retornos superiores. A obra de Duff traz à tona o lado humano por trás da negociação de instrumentos financeiros e descortina um verdadeiro submundo dos excessos de Wall Street. Neste caso, o final da história ainda não tem o último capítulo. Após perder tudo, ele larga a vida no mercado de capitais e retorna à sua paixão original, o jornalismo. Parafraseando Janis Joplin em uma de suas interpretações mais famosas, “liberdade é apenas um sinônimo para não ter mais nada a perder”.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 36 00

Mensal

Acesso Digital
-
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Completa

R$ 42 00

Mensal

Acesso Digital
Edição Impressa
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Corporativa

R$ 69 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 15% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Clube de conhecimento

R$ 89 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 20% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital | Acervo de Áudios



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Wall Street CAPITAL ABERTO mercado de capitais Turney Duff fundo de hedge The buy side Galleon Group Janis Joplin Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Corrida de obstáculos
Próxima matéria
A conta está na mesa



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Corrida de obstáculos
Realizado pela Capital Aberto sob a supervisão do professor da FEA-USP Alexandre Di Miceli e em parceria com a Stern Stewart...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}