Os melhores na queda

Gestão de Recursos/N@ Web/Edição 133 / 1 de setembro de 2014
Por 


Desde que Bill Ackman começou a fazer campanha pública para derrubar as ações da Herbalife, os chamados short-selling activists (algo como ativistas de posição vendida) ganharam evidência nos Estados Unidos. O trabalho deles é investir apostando na queda das ações, anunciar a posição e começar um movimento para mostrar ao público que a empresa é um mau negócio. O popular site Buzzfeed aproveitou a atenção que vem sendo dada a esses investidores para fazer uma lista dos short-selling activists mais e menos bem-sucedidos. Apesar de os papéis da Herbalife não terem cedido às pressões de Ackman, sua gestora Pershing Square aparece no quinto lugar entre as melhores casas de investimento que adotam a estratégia. No grupo das piores está a Greenlight Capital, de David Einhorn, famosa por comprar títulos podres da Argentina.

Link: http://bzfd.it/1pZrlAn


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CAPITAL ABERTO mercado de capitais Herbalife Ativismo Bill Ackman Buzzfeed Pershing Square David Einhorn Greenlight Capital Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Ataque aos ativistas
Próxima matéria
Rentável e produtiva?



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Ataque aos ativistas
O Dealbook, site do jornal New York Times, chamou os três investidores individuais que mais lançaram propostas em assembleias...