Edição 3   |   Gestão de Recursos   |   Seletas   |   N@ Web

Lemann, o malvado

Uma brincadeira supostamente feita por Jorge Paulo Lemann em 2008 viralizou na internet semana passada — e de forma bem sensacionalista. O site Business Insider (BI) publicou uma nota requentando um boato antigo: o hipotético sonho do empresário de ser dono da Coca-Cola. Segundo o texto, ele teria …



Ilustração: Grau 180.com.

Ilustração: Grau 180.com.

Uma brincadeira supostamente feita por Jorge Paulo Lemann em 2008 viralizou na internet semana passada — e de forma bem sensacionalista. O site Business Insider (BI) publicou uma nota requentando um boato antigo: o hipotético sonho do empresário de ser dono da Coca-Cola.

Segundo o texto, ele teria dito, em uma reunião sete anos atrás, que “adoraria dar uma olhada na Coca-Cola” e que conseguiria tocar o negócio “com apenas 200 pessoas”. O BI não pensou duas vezes antes de lançar a seguinte manchete: “O homem mais rico do Brasil sonha em comprar a Coca-Cola e demitir todos os seus empregados”. Apesar de não trazer nada de novo, a postagem atraiu quase 40 mil visualizações e numerosos comentários.

Clique aqui para ver o post.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  JORGE PAULO LEMANN Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Sem diálogo
Próxima matéria
Após queixas do mercado, CVM revisa Instrução 476



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
Sem diálogo
A truculência do governo federal ao editar, em julho, a Medida Provisória 685, sobre planejamento tributário, indignou...