Investimento espinhoso

Corrupção torna ainda mais complexo o aporte de recursos em ativos estressados

Gestão de Recursos / Reportagem / 1 de julho de 2017
Por 
Aventurar-se pelo território dos ativos estressados (distressed assets) não é para qualquer um. E a atual conjuntura requer ainda mais cautela dos investidores, inclusive dos mais experientes. Afinal, já não se trata apenas de empresas em dificuldades financeiras: a corrupção se transformou...

Este conteúdo é restrito a assinantes! Faça login >

paywall2 paywall

Se já é assinante, faça login:



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  Gestão de Recursos investimento distressed assets reestruturação Operação Lava Jato

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Bolsa emplaca reforma do Novo Mercado, mas Nível 2 permanece estagnado
Próxima matéria
Compliance para negociar




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Bolsa emplaca reforma do Novo Mercado, mas Nível 2 permanece estagnado
As companhias do Novo Mercado já podem começar a se preparar para conviver com regras mais rígidas de governança....