Icahn versus Dell



O bilionário Carl Icahn sabe criar buzz nas redes sociais, mesmo não sendo muito íntimo delas (ele entrou no Twitter no fim de junho e escreveu apenas três posts). Em 10 de julho, o ativista norte-americano lançou uma carta pública aos acionistas da Dell, conclamando-os a pressionarem por uma nova avaliação da companhia, que está prestes a fechar o capital. Ele dizia que o preço de US$ 13,65 por ação é muito baixo e que a empresa vale mais. Imediatamente, seus comentários começaram a ser discutidos em blogs e redes sociais. Não faltaram palavras de apoio a Icahn, mas o site Dealbreaker foi crítico: o investidor estaria colocando o negócio em risco e usando outros acionistas para isso.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Maça desejada
Próxima matéria
Passeata dos 10 bi



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
Maça desejada
Os resultados da Apple no último trimestre superaram as expectativas dos analistas. No dia em que a boa notícia foi dada,...