Bolsa saudita se abre para estrangeiros



A partir de 15 de junho, a bolsa de valores da Arábia Saudita, conhecida como Tadawul, será aberta para estrangeiros. Só poderão participar deste mercado investidores qualificados (QFIs), com mais de US$ 5 bilhões em ativos sob gestão.

Além disso, a participação dos estrangeiros no capital das companhias negociadas no pregão saudita foi limitada a 49%; um único QFI pode possuir no máximo 5% de qualquer empresa.

Segundo o banco de investimento voltado a mercados emergentes Arqaam Capital, o fluxo de capital externo para a Arábia Saudita deve atingir US$ 40 bilhões ao longo dos próximos cinco anos. Entre as razões que incentivaram a abertura, está o desejo da Tadawul de qualificar suas companhias para participar do índice MSCI Emerging Market, bem como a queda na cotação do petróleo. Desde que o preço pendeu para baixo, há dúvidas sobre a capacidade de gastos do governo.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Bolsa CAPITAL ABERTO mercado de capitais estrangeiros Arábia Saudita Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Pressão atrapalha discernimento dos gestores
Próxima matéria
Gestores de hedge funds ganham bem, apesar de resultado medíocre



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você