BlackRock alerta para falta de precificação de risco climático

Gestora diz que boa parte dos investidores subestima efeitos de mudanças no clima

Gestão de Recursos/Internacional / 18 de abril de 2019
Por 


BlackRock alerta para falta de precificação de risco climático

Ilustração: Rodrigo Auada

A expressão “risco climático” costuma remeter à ideia de um futuro apocalíptico e um tanto longínquo, de geleiras derretidas inundando grandes cidades. Mas, na verdade, questões climáticas já são bem tangíveis: furacões e incêndios florestais acontecem a todo momento ao redor do mundo. A gestora BlackRock, que gere 6,5 trilhões de dólares em ativos, lançou um relatório no começo de abril em que diz que boa parte dos investidores está subestimando essas questões na hora de precificar os ativos.

O levantamento analisou o impacto de eventos climáticos nos Estados Unidos e concluiu que gestores que investem em imóveis e em títulos de dívida de estados e municípios, por exemplo, raramente consideram o potencial destrutivo de queimadas ou ventos fortes. A gestora verificou que, em uma década, cerca de 15% dos títulos de dívida municipal que fazem parte do S&P National Municipal Bond Index serão de cidades com chance de sofrer perdas econômicas em função desse tipo de acontecimento.

O relatório diz ainda que os setores elétrico e de infraestrutura são outros que correm risco de sofrer prejuízos em função de questões climáticas, e que os investidores também não estão considerando esse fator na hora de precificar as companhias.


Leia também

Mudanças climáticas pesam no bolso

Gestora de recursos pressiona Isco sobre risco climático

Negócios tradicionais se preparam para demandas do futuro


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  BlackRock risco climático Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Estímulo à infraestrutura
Próxima matéria
Pitaco de Bolsonaro no diesel alimenta memes



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Estímulo à infraestrutura
ESTÍMULO À INFRAESTRUTURA Como a Instrução 606 da CVM impacta os fundos de investimento no setor O...