Esforço reconhecido

Retorno da carteira das vencedoras de As Melhores Companhias para os Acionistas supera em 50% o Ibovespa desde 2008

Captação de recursos / Governança Corporativa / Relações com Investidores / Temas / Reportagem / Edição 111 / 1 de novembro de 2012
Por 


Realizada em 3 de outubro, a sétima edição do prêmio As Melhores Companhias para os Acionistas foi brindada com uma notícia animadora. A Stern Stewart do Brasil, responsável pelos cálculos de duas dimensões da avaliação — o retorno econômico adicionado (EVA, na sigla em inglês) e o retorno total para o acionista —, divulgou a conclusão de um estudo que mostra que o retorno da carteira das vencedoras do prêmio desde 2008 supera, em média, em 50% o principal benchmark do mercado, o Ibovespa. Este ano, subiram ao palco SulAmérica, Copasa, Odontoprev, AES Tietê, Cia. Hering, Cetip, CCR, Ultrapar e Brasil Foods (veja as colocações no quadro).

Para chegar a esse resultado, a Stern Stewart do Brasil fez diferentes testes, sempre controlados pelo beta da ação e pelo retorno do mercado (Ibovespa ou IBrX). Verificou, então, que, não importa se a carteira é rotativa (hipótese em que as ações das ganhadoras são trocadas a cada novo prêmio) ou estacionária (as vencedoras são somadas à carteira a cada ano), a conclusão é sempre similar: em todas as análises, as ações dessas empresas apresentam um retorno superior ao mercado.

A escolha das nove companhias premiadas ocorreu a partir de uma amostra das emissoras das cem ações mais líquidas da BM&FBovespa. Para levar o troféu, elas tiveram que se destacar em outros quatro critérios além da liquidez: criação de valor (medido pelo EVA), desempenho das ações em bolsa, governança corporativa, e sustentabilidade. A coordenação geral do prêmio ficou a cargo do professor doutor Alexandre Di Miceli da Silveira, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA—USP). “A governança corporativa é um dos aspectos mais difíceis de se mensurar, já que estamos falando de algo multidimensional, que envolve diversas facetas da organização”, ressalta o professor.



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  As Melhores Companhias para os Acionistas Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Estímulos oportunos
Próxima matéria
Ainda fazemos feio




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Estímulos oportunos
O baixo número de pessoas físicas que investem em ações é um problema a ser dirimido pelos reguladores do mercado de capitais...