Empresário constrói centro de transplante de rins

Bimestral / Relações com Investidores / Temas / Edição 93 / 1 de maio de 2011
Por 


Após um transplante de fígado há 22 anos, a vida de Ricardo Valadares Gontijo mudou. À época, o fundador e diretor-presidente da Direcional Engenharia, construtora mineira listada na BM&FBovespa, não conseguiu fazer a cirurgia no Brasil, e a saída foi o aeroporto. Na volta dos Estados Unidos, onde foi operado, pensou nas pessoas carentes que passam pelo mesmo problema. E não parou de refletir sobre o assunto até construir, em novembro de 2008, com recursos próprios, um centro de tratamento de transplante de rins no Hospital Universitário São José, em Belo Horizonte.

O projeto realizou o sonho do amigo e médico Euler Lasmar, que desde a formatura desejava viabilizar a cirurgia a quem não tem condições de pagá-la. “É o centro de transplantes de rins mais moderno de Minas Gerais”, orgulha-se Lasmar. Em 250 metros quadrados, a unidade tem dois consultórios, dois leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros oito na enfermaria. Os equipamentos foram doados por outros benfeitores. Os 121 pacientes beneficiados pelos transplantes feitos até hoje nada pagaram pelas cirurgias, que foram financiadas pelo Sistema Único de Saúde. “Fico muito feliz de poder ver uma pessoa voltar a ter uma vida normal, assim como é a minha agora”, conta Gontijo.

Em homenagem ao empenho do empresário, a unidade recebeu o nome de Centro de Tratamento Ricardo Valadares Gontijo. Seu próximo projeto é construir um centro de tratamento para transplante de fígado. “Quero construir na minha cidade o que eu fui obrigado a buscar lá fora.”


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Novos horizontes
Próxima matéria
Advogado e gestor apoiam comunidades no Rio




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Novos horizontes
A gaúcha FK Biotec fatura apenas R$ 1,7 milhão por ano, mas tem um plano audacioso em mãos: o desenvolvimento de uma vacina...