Companhias atraem mais acionistas para suas assembleias

Relações com Investidores/Temas/Edição 70 / 1 de junho de 2009
Por 


O movimento ainda é incipiente. Mas a preocupação de algumas companhias em reunir maior quórum de acionistas em suas assembleias começou a mostrar resultados. Com o capital pulverizado em mercado, a fornecedora de planos odontológicos Odontoprev obteve um quórum de 65% do capital votante na assembleia geral ordinária (AGO) deste ano, um recorde. Em períodos anteriores, a presença de acionistas dificilmente superava 50%.

Segundo José Roberto Pacheco, diretor de relações com investidores, uma das razões para o aumento de interesse é a mudança no perfil dos acionistas, que passou a contar com mais investidores locais focados no longo prazo. “Neste ano, os próprios gestores participaram da assembleia, que durou três horas. Antes, esses encontros não passavam de 20 minutos”, compara.

Outras companhias aderiram ao uso de sistemas on-line para atrair mais acionistas. A Bematech resolveu experimentar o serviço oferecido pela consultoria MZ Consult, que permite o cadastro prévio dos acionistas e o envio de procuração pela internet.

O recurso evitaria as despesas com o deslocamento até Curitiba (PR), onde fica a sede da fornecedora de soluções em automação comercial. Mas a primeira experiência não foi das melhores. A presença foi insuficiente diante da necessidade de quórum qualificado. A companhia teve de partir para a segunda convocação, quando somente 7,5% dos acionistas com direito a voto participaram. As perspectivas, contudo, parecem positivas. Depois da AGO, os investidores da Bematech se encorajaram e, hoje, 20,1% do capital votante da empresa está apto a votar pela procuração eletrônica (dentre eles, um fundo estrangeiro). “Este é um caminho sem volta”, garante Marcel Malczewski, presidente da Bematech.

Acionistas de outras companhias seguiram o mesmo caminho. Segundo a MZ, cerca de 250 investidores ingressaram no sistema depois da assembleia da Bematech, totalizando 600 cadastrados. A Natura também ofereceu o serviço na assembleia deste ano, e a Totvs estuda a possibilidade de estrear ainda em 2009. Para a temporada de assembleias do ano que vem, a expectativa é otimista. “Temos pelo menos seis companhias que oferecerão o nosso sistema nos próximos encontros”, garante Arleu Anhalt, sócio da Firb, outra consultoria que provê o serviço.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 36 00

Mensal

Acesso Digital
-
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Completa

R$ 42 00

Mensal

Acesso Digital
Edição Impressa
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Corporativa

R$ 69 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 15% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Clube de conhecimento

R$ 89 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 20% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital | Acervo de Áudios



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Relações com Investidores Assembléias Procuração eletrônica Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Hello Brazil
Próxima matéria
Cresce o apetite dos fundos por notas promissórias



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Hello Brazil
Em meados de maio, novamente o empresário Eike Batista atraiu para si os holofotes ao anunciar uma parceria entre as suas...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}