Millennials querem bons salários, não ambiente descontraído

Pesquisa sugere que esses profissionais, à beira dos 40 anos, têm os mesmos desejos das gerações anteriores

Companhias abertas/N@ Web / 14 de junho de 2019
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Nascidos no início dos anos 1980, os millennials já se aproximam dos 40 anos. Muitas empresas ditas “modernas” acreditaram na narrativa que essa geração precisava se divertir no trabalho para se sentir motivada: por isso, não hesitaram em instalar nos ambientes corporativos mesas de sinuca, estações para videogames e espaços para confraternizações. Essa foi a estratégia usada nos últimos anos por muitas startups interessadas em atrair e reter talentos. Parece, no entanto, que o modelo começa a se esgotar, como sugere um estudo da consultoria Robert Half. O trabalho mostrou que hoje esses profissionais querem mesmo é ter bons salários, seguro saúde, horários flexíveis e trabalho remoto, um pouco como as gerações que os precederam. O assunto viralizou na internet. “Recrutador de empresa de tecnologia descreve a empresa como ‘trabalhe muito, se divirta muito’; tradução: hora extra obrigatória + uma mesa de pebolim”, ironizou um usuário do Twitter no exterior. O tema também repercutiu no Brasil. Em um post, o cientista e professor da área de tecnologia Silvio Meira disse acreditar que seria apenas uma “questão de tempo” paras as empresas começassem a perceber essa realidade.


Leia também

Nas mãos do consumidor

O caminho sem volta dos investimentos de impacto

Remuneração desigual


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  startup Millennials Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Como lidar com a ruidosa LGPD
Próxima matéria
Lei francesa amplia rol de objetivos das empresas



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Como lidar com a ruidosa LGPD
Ano passado comprei uma impressora mais sofisticada para o escritório.  Não apenas foi cara, como também depende...