Cetip se prepara para aumentar o controle sobre derivativos



A Cetip, principal central depositária de derivativos do País, com cerca de 80% dos negócios, introduziu em junho, em caráter experimental, a marcação a mercado dos derivativos registrados em seu ambiente. O sistema leva em conta as oscilações do mercado e calcula, diariamente, a exposição a riscos de cada investidor. O próximo passo será complementar o serviço com um mecanismo de gestão de colaterais, com previsão para entrar em vigor no segundo semestre do ano que vem.

O sistema permitirá aos usuários delegar à Cetip a gestão das garantias que cobrem as operações, além de mapear uma quantidade ainda maior de informações sobre o mercado. Segundo Wagner Anacleto, diretor de operações da Cetip, o serviço funciona como uma gestão terceirizada de ativos e promete atrair instituições dispostas a reduzir custos. Como cada contrato tem suas próprias garantias (que podem ser desde debêntures a títulos públicos), os bancos atualmente mantêm equipes que monitoram e transferem, a cada alteração do mercado, as garantias correspondentes. Na gestão terceirizada, o acompanhamento e o cálculo das novas garantias exigíveis ficarão a cargo da Cetip — que, por ter seu sistema ligado ao dos principais depositários de títulos-garantia (o Selic e a própria Cetip), poderá automaticamente bloquear os ativos necessários para cobrir cada posição.

O sistema de gestão dos colaterais contratado foi originalmente criado pela Clearstream, uma empresa da Deutsche Börse Group, e segue em fase de adaptação. O objetivo é incluir nele o mapeamento dos títulos passíveis de serem usados como garantia e as especificidades do mercado local, como o registro do cliente final do derivativo e não da instituição financeira. “Estamos criando um modelo novo. Não conheço nenhum outro mercado que ofereça essa visão global”, completa Anacleto.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Derivativos Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Políticas públicas e empreendedorismo
Próxima matéria
BDRs não patrocinados estreiam com pouco volume



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
Políticas públicas e empreendedorismo
“O caminho da perdição é pavimentado com boas intenções.” O ditado é um pouco diferente, mas a corruptela se encaixa...