Cemec cria base de dados do mercado de capitais



Obter informações sobre os impactos da atividade do mercado de capitais brasileiro no restante da economia não é fácil. Os dados estão dispersos em várias entidades públicas e privadas. Para preencher essa lacuna, foi lançado no dia 29 de outubro o projeto Avaliação do Desempenho do Mercado de Capitais, do Centro de Estudos de Mercado de Capitais do Ibmec (Cemec).

A idéia, segundo Carlos Antonio Rocca, professor do Ibmec e diretor técnico do Cemec, é oferecer ao público a noção de como — e em que medida — o mercado de capitais participa do financiamento das empresas. “Hoje, essa deficiência reduz a transparência do mercado, além de dificultar a vida de quem faz trabalhos acadêmicos”, afirma. O trabalho dará ao mercado de capitais algo muito próximo do que faz o Banco Central, relativamente aos dados do sistema bancário.

Reunindo informações de entidades como CVM, Anbid, Andima, Abrapp, Anapp e BNDES, dentre outras, o projeto irá produzir relatórios trimestrais, com indicadores de desempenho de curto prazo, e relatórios semestrais e anuais mais detalhados. A análise vai se concentrar basicamente na atividade do mercado de capitais, em sua funcionalidade — medindo a eficiência na mobilização da poupança — e nos fatores de desempenho.

“Com esse panorama completo, será mais rápido e fácil avaliar os mecanismos que estão funcionando melhor, assim como detectar fatores que minam a eficiência do mercado — como obstáculos de natureza tributária, por exemplo”, conta o professor.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  bolsa de valores Captações de recursos Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
O descolamento já era
Próxima matéria
IBGC define qualificação de conselheiros



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você