Senhora solução (Senior Solution)

Empresa de aplicativos para o setor financeiro precisa retomar plano de aquisições

Captação de recursos/Alta & Baixa/Edição 132 / 1 de agosto de 2014
Por  e


Uma das líderes no mercado de software para a indústria financeira no Brasil, a Senior Solution não está tendo um ano bom na bolsa. No acumulado até 21 de julho, o papel caiu 15,7%.

Tudo começou em março de 2013, quando a empresa realizou seu IPO (o primeiro desde 2008 no mercado de acesso, o Bovespa Mais) e captou R$ 62 milhões. A fórmula de sucesso apresentada era a mesma da BR Insurance, presente nesta página da edição passada: crescer por aquisições. Três meses depois, a Senior acertou ao comprar a Drive. Em 2013, a subsidiária respondeu por quase 40% do crescimento da divisão de software da companhia, que tem ainda outras três unidades de negócios: outsourcing, serviços e consultoria.

Nesse período, contudo, a turbulência aumentou. A ação da Senior, cuja carteira tem 180 clientes (bancos, seguradoras, gestoras de recursos, corretoras e distribuidoras), sentiu o tranco. Houve baixo crescimento econômico, menor ritmo de expansão do crédito e redução dos investimentos das empresas financeiras, especialmente no fim de 2012 e ao longo de 2013. Além disso, pesou o fato de os cinco principais clientes responderem por pouco mais de um quarto das receitas da companhia.

O desconto maior no valor da ação, por outro lado, cria uma oportunidade para quem aposta em small caps. Até porque os números da Senior Solution têm melhorado. A receita líquida, por exemplo, cresceu 72,7% entre o primeiro trimestre de 2013 e o mesmo período deste ano. Um sinal de que as empresas financeiras estão voltando a investir recursos em tecnologia da informação, como assinalam os analistas Eduardo Cancian e Renato Campos, da Votorantim Corretora.

Uma das razões para isso é a Resolução 4.282 do Banco Central, publicada no fim de 2013. Ela exige das intermediárias financeiras de meios de pagamento (como, Cielo, Master e Ticket) apresentar até novembro um plano de negócios com a gestão de suas operações — precisamente uma das atividades da Senior Solution. Outro fator positivo é que ela faz parte da lista de empresas, estabelecida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em que o investidor é isento de imposto de renda sobre o ganho de capital.

A combinação de incentivo para o investidor e retomada de gastos das financeiras pode ajudar. As boas novas, aliás, já resultaram em valorização de 14,8% em julho (até o dia 21). Para o futuro da companhia, no entanto, os analistas acreditam que será fundamental prosseguir com as aquisições.

A escolha das companhias para esta seção é feita a partir de um levantamento da Economática com a oscilação e o volume negociado mensalmente por ações que possuem giro mínimo de R$ 1 milhão por dia. A partir daí, são escolhidas aquelas que se destacam pelas variações positivas e negativas nos últimos seis meses.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  aquisições CAPITAL ABERTO mercado de capitais isenção fiscal incentivos tributários Votorantim Corretora Senior Solution Drive Resolução 4.282 software para a indústria financeira Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Dar incentivo fiscal ao investidor é uma boa estratégia para desenvolver o mercado de capitais?
Próxima matéria
Doce perspectiva (São Martinho)



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Dar incentivo fiscal ao investidor é uma boa estratégia para desenvolver o mercado de capitais?
SIM NÃO MP 651 é um passo, embora pequeno, na direção correta Incentivos criam distorções difíceis...