Mercado global de M&A cresce em 2014



O mercado global de M&A tem apresentado excelente desempenho, de acordo com estudo da Towers Watson em parceria com a Cass Business School. Ao todo, 928 fusões e aquisições ocorreram em 2014, número 28,9% maior que o do ano anterior.

Outra boa notícia refere-se ao preço das ações de empresas que foram às compras. Em comparação às que não seguiram por esse caminho, sua cotação valorizou, em média, 5,8 pontos percentuais no ano passado. Em 2013, a diferença foi de 4,5%.

A pesquisa também revela que, entre as companhias de diversos países que compraram outras, as asiáticas se saíram melhor. O papel das empresas orientais que realizaram aquisições superou o desempenho médio de índices de bolsas locais em 24,7 pontos percentuais em 2014. O valor é bastante superior ao apresentado pelas companhias europeias, que bateram os índices nacionais em 4,1 pontos percentuais; e as americanas, 2 pontos percentuais.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CAPITAL ABERTO mercado de capitais M&A fusão aquisição 2014 Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Mineradoras de carvão entram para lista negra de gestores
Próxima matéria
Nasdaq quer operar dark pool



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
Mineradoras de carvão entram para lista negra de gestores
Maior gestora de recursos da Noruega, a Nordea Asset Management planeja eliminar 40 empresas de extração de carvão do seu universo...