ETF inusitado

Fundo de índice de Quincy Jones vai investir em ações de empresas de streaming

Captação de recursos / N@ Web / 1 de julho de 2017
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

O produtor musical americano Quincy Jones exibe em seu currículo nada menos que 27 premiações no Grammy, além da produção do famosíssimo álbum Thriller, de Michael Jackson. E, de acordo com um prospecto entregue à Securities and Exchange Commission (SEC) no último dia 22, ele em breve também terá seu próprio ETF. O Quincy Jones Streaming Music, Media and Entertainment ETF (ou QJSMME) reunirá ações de empresas de streaming (que operam com transmissão instantânea de dados de áudio e vídeo pela internet). “É só um licenciamento ou ele vai mesmo administrar um ETF?”, questionou, espantado, um usuário do Twitter. Para alívio de uns — e talvez desapontamento de outros —, Jones só emprestou o nome ao fundo, lançado pela Bean Markets.

 

 


Quer continuar lendo?

Você já leu {{limit_offline}} conteúdo(s). Gostaria de ler mais {{limit_online}} gratuitamente?
Faça um cadastro!

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Captação de Recursos ETF n@ web Quincy Jones Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Semana agitada
Próxima matéria
Acelerador de sonhos




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Semana agitada
A semana entre 26 e 30 de junho foi bastante agitada nos pregões americanos — eles abrigaram nada menos que dez ofertas...