Captação de recursos vira desafio para gestores de renda variável

A conjuntura política e econômica adversa, aliada a uma taxa de juros de dois dígitos, tem tornado hercúlea a tarefa de captação de recursos para fundos de ações. “O cenário é de perda de confiança e, portanto, de pouquíssimo apetite para risco. Nossos fundos [são três carteiras: uma de ações, uma …

Captação de recursos/Seletas/Reportagem/Edição 28 / 29 de abril de 2016
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

A conjuntura política e econômica adversa, aliada a uma taxa de juros de dois dígitos, tem tornado hercúlea a tarefa de captação de recursos para fundos de ações. “O cenário é de perda de confiança e, portanto, de pouquíssimo apetite para risco. Nossos fundos [são três carteiras: uma de ações, uma long only e uma long and short] têm captação líquida positiva, mas está muito difícil obter dinheiro para nossa estratégia de renda variável”, afirma Cassiano Leme, sócio da Constância NP. “Muito difícil, como arrancar dente, porque em massa os investidores dizem ‘não’”, acrescenta. Segundo ele, os aplicadores hoje preferem títulos de renda fixa de curto prazo, como LCIs, LCAs e CDBs.

A gestora é resultado de um processo de incorporação da Principia Capital Management e da NP Investimentos pela Constância, iniciado em 2014. “Um dos objetivos foi o ganho de escala, principalmente humana, porque nesse ambiente há muito capital humano subutilizado”, observa Leme. “Acho que o resultado foi uma gestora com processos mais eficientes e com um quadro muito melhor de conhecimento.”

Antessala_S28_Pt2

Na AZQuest, a dificuldade de se captar recursos para renda variável é compensada por investimentos que chegam para outras estratégias. Em dezembro passado, a gestora montou uma área de crédito high grade, que já obteve R$ 500 milhões. “O sucesso dela me causa felicidade, pois foi uma decisão empresarial correta; mas, ao menos tempo, me traz desconforto, porque é um sinal muito claro de que a decisão do cliente hoje é evitar risco”, diz Walter Maciel, sócio da AZQuest.

Uma situação bastante complicada é vivida pela GTI Investimentos, que já perdeu cerca de 90% do seu patrimônio líquido. “Estamos no olho do furacão. Mudamos o escritório para uma área com metade do tamanho e cortamos tudo o que podia ser cortado. Nós só continuamos porque somos cabeças-duras: é aquele lema do ‘sou brasileiro e não desisto nunca’”, afirma André Gordon, gestor da GTI. De acordo com ele, um alívio pode vir com o impeachment da Dilma Rousseff. “Sem isso, continuaremos nesse mesmo processo de um governo totalmente paralisado, e a economia vai se atrofiar cada vez mais. Essa situação vai gerar um caos não só econômico, mas também um caos civil: o País terá mais alguns milhões de desempregados e um Estado asfixiado”, ressalta.

Antessala_S28_Pt3


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 36 00

Mensal

Acesso Digital
-
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Completa

R$ 42 00

Mensal

Acesso Digital
Edição Impressa
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Corporativa

R$ 69 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 15% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Clube de conhecimento

R$ 89 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 20% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital | Acervo de Áudios



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Captação de Recursos Fundos de investimento renda variável crise política investimento crise econômica falta de confiança na renda variável Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
CVM exige mais informações das companhias abertas
Próxima matéria
O futuro das bitcoins



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
CVM exige mais informações das companhias abertas
Anualmente, ao divulgar o ofício que orienta as companhias abertas na divulgação de informações, a Comissão de Valores...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}