Bancos criam plataforma de ações sem fins lucrativos

Captação de recursos/Internacional/Edição 137 / 1 de janeiro de 2015
Por 


Um consórcio formado por bancos de investimento e gestores de fundos está trabalhando na criação de uma nova plataforma de negociação de ações e ETFs na Europa com o objetivo de aumentar a transparência e baixar os custos de negociação.

Chamada de Plato Partnership, a plataforma não tem fins lucrativos. Todo o dinheiro arrecadado será usado para patrocinar pesquisas acadêmicas que promovam inovações no mercado e ajudem a fomentar debates sobre temas controversos, como os impactos das transações em alta frequência e das dark pools (espaços de negociação anônima).

Entre os participantes da iniciativa estão instituições como Morgan Stanley, J.P. Morgan, Goldman Sachs, Citigroup, Barclays e Deutsche Bank.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  ações Europa CAPITAL ABERTO mercado de capitais plataforma Plato Partnership pesquisas acadêmicas Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Brasil não é proativo no combate à corrupção, diz OCDE
Próxima matéria
Fora de campo



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Brasil não é proativo no combate à corrupção, diz OCDE
A lei anticorrupção brasileira, em vigor desde janeiro desse ano, é um avanço. Mas, apesar do esforço legal para punir...