Brasileiras resistem aos ADRs não patrocinados

Captação de recursos/Governança Corporativa/Legislação e Regulamentação/Temas/Edição 65 / 1 de janeiro de 2009
Por  e


As regras mais suaves aplicadas pela Securities and Exchange Commission (SEC) aos emissores de ADRs Nível 1 (com negociação restrita ao mercado de balcão) provocaram uma enxurrada de programas não patrocinados em todo o mundo. Nessa modalidade, o banco depositário adquire ações da companhia em bolsa e cria os ADRs sozinho, sem a necessidade de uma autorização da empresa. Com a simplificação das exigências de informação pela SEC, mais companhias se tornaram alvos dos “não patrocinados”.

No Brasil, a tendência, pelo menos no curto prazo, é de que poucas operações sejam levadas adiante. Dos 23 pedidos de registro colocados em análise na CVM, todos custodiados pelo The Bank of New York Mellon (BNY Mellon), apenas dois — Camargo Correa Desenvolvimento Imobiliário (CCDI) e Copasa — ainda seguiam o trâmite até o fechamento desta edição.

Diferentemente do que acontece na maioria dos países, os programas de ADR no Brasil dependem do aval do regulador local. Por isso, e diante do número elevado de pedidos de análise de programas não patrocinados, a CVM decidiu consultar oficialmente as companhias-alvo e acatar manifestações contrárias. A construtora Even foi uma delas. Procurada pela CAPITAL ABERTO, disse que rejeitou o programa porque não tinha interesse na operação naquele momento. A CCDI foi uma das exceções. “Acreditamos que será pouco provável o programa afetar o nível de liquidez das ações da companhia”, diz Fernando Bergamin, gerente de Relações com Investidores (RI).

A CCDI consultou a CVM para confirmar se a resposta ao pedido do BNY Mellon seria automaticamente estendida a outros bancos que vierem a se interessar por emitir ADRs não patrocinados da empresa. “A resposta que obtivemos é de que, a cada programa, uma nova consulta será feita”, completa.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  mercado internacional legislação societária Governança Corporativa Guia de Captações de Recursos ADR/GDR Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Siemens paga multa bilionária por escâdalo de corrupção
Próxima matéria
"Sei lidar com as crises"



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Siemens paga multa bilionária por escâdalo de corrupção
A Siemens, maior empresa de engenharia da Europa, concordou em pagar cerca de US$ 800 milhões nos Estados Unidos e US$ 540 milhões...