Bolsas de valores investem em produtos e serviços para o mercado de carbono

Captação de recursos/Internacional/Temas/Edição 59 / 1 de julho de 2008
Por 


Apostando no potencial da negociação de créditos de carbono, a Bolsa de Valores de Tóquio anunciou a criação, no último dia 30 de maio, de um grupo de estudos sobre o assunto chamado TSE Carbon Market Study Group. A iniciativa pretende reunir e apoiar especialistas interessados na criação desse mercado e dispostos a se debruçar sobre questões como produtos comercializáveis, métodos de negociação, regras aplicáveis aos participantes, além de liquidação e compensação dos ativos. O plano é concluir os estudos até o fim de 2008.

Também acreditaram no segmento a Chicago Climate Exchange e a Montreal Exchange. Através de uma joint venture, as bolsas celebraram oficialmente a criação da Montreal Climate Exchange (MCeX), especializada na negociação de contratos futuros de carbono. Os negócios começaram a ser realizados no último dia 30 de maio. Luc Bertrand, presidente da Montreal Exchange, assumiu também a função de presidente do conselho de administração da MCex. Richard Sandor, presidente e fundador da Chicago Climate Exchange, assume a função de vice-presidente do conselho.

O primeiro acordo entre as duas bolsas havia sido anunciado em 2005, na cidade de Montreal. A missão da MCeX é oferecer transparência nas cotações, preços baixos, amplo acesso e confiabilidade aos diversos setores da economia canadense envolvidos com a qualidade do ar e as preocupações com as mudanças do clima. Com a joint venture, as duas bolsas pretendem combinar suas competências na área financeira e em meio ambiente, para oferecer um pacote atrativo de produtos e serviços financeiros lastreados em carbono.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Bolsas de valores Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Nyse Euronext avança sobre o mundo árabe
Próxima matéria
A mão que balança o mercado



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Nyse Euronext avança sobre o mundo árabe
A Nyse Euronext deu mais um passo para sua internacionalização. Desta vez, rumo ao Oriente Médio. No dia 24 de junho,...