Vivo é investigada por uso ilegal de dados de 70 milhões de usuários

Ministério Público marca, para a próxima quinta-feira, dia 12, reunião com advogados da Vivo

Semana / Bolsas e conjuntura / 6 de Abril de 2018
Por 


Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) marca, para a próxima quinta-feira, dia 12, reunião com advogados da Vivo, marca da Telefônica Brasil. O órgão quer explicações sobre a suspeita de que a empresa estaria usando os dados de mais 70 milhões de usuários de forma ilegal. As informações dos assinantes seriam oferecidas a anunciantes por meio de braço de publicidade móvel da companhia, a Vivo Ads.

02.04

– Notre Dame Intermédica lança faixa de preço indicativa para seu IPO. O valor estipulado para as ações em prospecto inicial ficou entre 14,50 e 17,50 reais. A operação pode movimentar cerca de 2 bilhões de reais.

– Odontoprev anuncia que irá distribuir 2,97 milhões em dividendos — o equivalente a 0,00561 reais por ação. O pagamento será feito no dia 4 de maio.

03.04

– Spotify estreia na bolsa de Nova York (Nyse), avaliada em 29,55 bilhões de dólares.

– Petrobras inicia processo de venda de toda sua participação no campo de Baúna, na Bacia de Santos. A média de petróleo produzido no local foi de 34 mil barris por dia em janeiro. Outra novidade é a possibilidade de cessão de 50% de seus direitos e obrigações de exploração e produção do campo de Tartaruga Verde e do Módulo III do campo de Espadarte, localizados na Bacia de Campos, costa norte do Rio de Janeiro.

05.04

– Dona da varejista Riachuelo, Gurarapes Confecções notifica o mercado que avalia possível distribuição pública de debêntures simples, não conversíveis em ações, no valor de até 800 milhões reais. Não há previsão para a operação, já que o assunto ainda não foi discutido em assembleia de acionistas.

– Construtora Tenda aprova plano de recompra de ações, de até 5.398.206 ações ordinárias. Serão destinados 103 milhões de reais em recursos para essa operação. O programa terá início em 30 de abril (com prazo de 12 meses).

06.04 

– Ibovespa bate 86 mil pontos após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em não conceder habeas corpus para evitar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

– Oi concluiu pagamento de 51 milhões de reais a 500 credores, dentro do seu plano de recuperação judicial.

– CVM informa que, a partir de agora, a publicação detalhada dos ativos detidos por carteira de fundos de investimento, disponível no Portal de Dados Abertos, passará a ser atualizada mensalmente.



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Ibovespa Vivo Riachuelo Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
FII é alternativa também para o poder público
Próxima matéria
Capitalismo consciente




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
FII é alternativa também para o poder público
  O fundo de investimento imobiliário (FII), conforme definido pela Instrução 472 da Comissão de Valores...