Board da Petrobras aprova IPO da BR Distribuidora

Confira os destaques da semana de 25/9 a 29/9

Semana/Bolsas e conjuntura / 1 de outubro de 2017
Por 


O conselho de administração da Petrobras aprovou, no dia 28, o protocolo de registro de oferta inicial de ações e de companhia aberta da BR Distribuidora na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), além do pedido de adesão da empresa ao Novo Mercado. A oferta aprovada prevê a alienação de 25% a 40% da participação acionária da companhia na BR.

25/9

– Hypermarcas desmente informação divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo e informa que não há qualquer negociação para a venda ou alteração do controle acionário da companhia, tampouco para a combinação ou venda de parte de seu portfólio para outras empresas. A Hypermarcas também negou ter feito qualquer tipo de contato com a farmacêutica Pfizer para a celebração de acordos.

– AES Tietê fecha acordo com a Cobra do Brasil para investir até 650 milhões de reais na construção de usinas de fonte solar no Complexo Bauru Solar, no município de Guaimbê, interior de São Paulo.

– Cemig convoca assembleia para votar aumento de capital da companhia de até 1 bilhão de reais, por meio da emissão de no máximo 200 milhões de novas ações. O encontro está agendado para 26 de outubro.

26/9

– CVM pune três investidores por insider trading secundário. As multas somam 1,3 milhão, o equivalente ao dobro do ganho obtido. Renato Ramos Ferreira, Renato Ramos Ferreira Filho e Alexandre Zattar Ferreira compraram ações da Bematech às vésperas de sua aquisição pela Totvs, em agosto de 2015.

27/9

– Eletrobras recebe os estudos elaborados pelo BNDES para a privatização de suas seis subsidiárias nas regiões Norte e Nordeste do País. A companhia informou que o material ainda deve ser avaliado e aprovado pelo conselho do Programa de Parceria de Investimentos antes da continuidade do processo.

– Petrobras informa o encerramento de uma oferta de títulos no mercado global, no valor de 2 bilhões de dólares. No mesmo dia, a companhia informou ter adquirido o direito de operação de sete blocos de exploração em rodada de licitações da Agência Nacional de Petróleo (ANP), por 1,8 bilhão de reais.

28/9

– Magazine Luiza precifica seu aumento de capital em 1,14 bilhão de reais. Ao todo, 24 milhões de ações, com cotação unitária de 65 reais, serão ofertadas com esforços restritos de venda.

– BNDES comunica a devolução de 33 bilhões de reais ao Tesouro Nacional. O valor é referente a dívidas contraídas pelo banco com a União.

–  A fabricante de alimentos Camil estreia na B3 com uma oferta de ações que movimentou 1,32 bilhão de reais. Os papéis da empresa foram precificados a 9 reais cada um.

– Conselho de administração da Contax aprova emissão de debêntures no valor de 1,1 bilhão de reais, a ser feita com esforços restritos de distribuição.

29/9

– Evando José Neiva e Gabriel Mário Rodrigues são eleitos para os cargos de presidente e vice-presidente do conselho de administração da Kroton, com mandatos até setembro de 2019.

– Natura anuncia David Boynton como novo CEO da The Body Shop, sua recém-adquirida subsidiária. O executivo era presidente da Charles Tyrwhitt, companhia britânica de moda masculina, e já havia atuado por dez anos na francesa L’Occitane.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Meio-ambiente na conta
Próxima matéria
Riscos que vêm do clima



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
Meio-ambiente na conta
Doze grandes consultorias de investimentos do Reino Unido avisaram que vão pressionar os fundos de pensão a levar em conta...