BM&FBovespa abre diálogo com corretoras

Bimestral / Captação de recursos / Temas / Edição 90 / 1 de fevereiro de 2011
Por 


Proporcionar um ambiente em que representantes das corretoras possam debater questões que afetam o seu dia a dia com a direção da Bolsa de Valores. Esse foi o objetivo do conselho de administração da BM&FBovespa ao aprovar na última reunião de 2010 a criação de um conselho de corretoras. A intenção é abrir um novo canal de diálogo com essas casas, que foram diretamente impactadas pelas mudanças ocorridas no mercado de capitais nos últimos três anos, como o aumento de competição no setor e as novas exigências tecnológicas, que requerem planejamento e investimentos.

Para José David Martins Júnior, diretor superintendente da Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras (Ancor), a iniciativa de criar o conselho de corretoras é muito positiva. “Quando o mercado não era tão globalizado, as exigências eram mais internas”, lembra. Hoje, é preciso estar preparado para competir com corretoras estrangeiras e para receber investidores de outros países. O conselho deverá definir padrões de conduta e soluções estratégicas.

De acordo com Martins, quando se tem práticas mais difundidas e claras, é possível ser mais transparente também com o investidor. As atividades da BM&FBovespa e das corretoras são complementares: os produtos da Bolsa são levados aos consumidores por meio das corretoras, que funcionam como seu braço comercial. Com os processos ajustados, a expectativa é angariar mais clientes. “Vamos rumo aos cinco milhões de CPFs que a Bolsa quer atingir”, diz o diretor da Ancor.

Ainda não há definição sobre quantas pessoas vão compor o órgão nem com que frequência ele vai se reunir. O plano é que os trabalhos do novo conselho comecem ainda no primeiro semestre deste ano.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Bolsa de valores Corretoras Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Fórum da IFC ajuda o Vietnã a entender governança
Próxima matéria
2011 - O ano do IFRS




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Fórum da IFC ajuda o Vietnã a entender governança
Duas publicações sobre governança corporativa devem chegar em breve às mãos do empresariado vietnamita. Em parceria...