Bebendo na fonte da sabedoria

Figuras-chave da indústria americana de private equity compartilham experiências

Bimestral/Gestão de Recursos/Prateleira/Temas/Edição 89 / 1 de janeiro de 2011
Por 


“Todos os caminhos levam a Roma”, diz o ditado. Embora no campo da sabedoria popular esse provérbio seja bastante aplicável, no mundo dos investimentos, em que “Roma” é considerada o nirvana dos retornos excepcionais, nada pode estar mais longe da verdade. O caminho para o sucesso nessa área é pavimentado com disciplina, perseverança, estratégia e conhecimento, mas nem todos os gestores conseguem combinar esses atributos. No entanto, é fascinante reconhecer que há várias opções para percorrer esse trajeto. E esse é um dos corolários mais importantes de The Masters of Private Equity and Venture Capital.

O livro reúne depoimentos em primeira pessoa de dez expoentes da indústria, além de comentários de Steve Kaplan, professor da Universidade de Chicago, e Garth Saloner, reitor da escola de negócios da Universidade Stanford. Cada um dos 12 capítulos que compõem o livro é dedicado a um profissional de renome, que explora as escolhas estratégicas de sua empresa e como elas lhes renderam frutos. Todos os depoimentos são de gente com mais de 25 anos na área (um deles tem 50 anos em venture capital), que experimentou ciclos de exuberância e de “vacas magras”, como o atual.

Na primeira parte do livro, que aborda experiências em private equity, as estratégias focam desde a melhoria operacional de empresas industriais — ilustrada por um dos fundadores da empresa Clayton, Dubilier & Rice — até o uso de pacotes generosos de opções de ações, em empresas da área de serviços, para promover alinhamento de interesses. O texto é rico em exemplos práticos e negócios famosos como o spin-off da Lexmark a partir da IBM, e os investimentos na agência de propaganda Young & Rubicam e na Nasdaq.

Os investimentos em venture capital e as estratégias direcionadas para a inovação tecnológica, seu desenvolvimento e sua comercialização, são o assunto da segunda parte do livro. Chama a atenção a experiência de Steve Lazarus e sua firma Arch Venture Partners, que se estabeleceu a partir de uma iniciativa interna da Universidade de Chicago de levar seus pesquisadores da torre de marfim acadêmica para o mercado.

Em 2007, a indústria americana de private equity e venture capital atingiu seu apogeu, em termos de volume financeiro captado e número de negócios, e vem se recuperando de forma tímida dos excessos daquele momento. Essa catarse provoca um movimento natural de retorno às raízes da atividade de private equity, com foco na melhoria de governança, transparência e busca de eficiência operacional.

O livro termina com um conjunto de melhores práticas, como checklists para contratação de executivos, avaliação de investimentos e de riscos. O denominador comum entre as dez experiências apresentadas reforça que a atividade de private equity e venture capital lida basicamente com a tomada de decisões baseada em informação imperfeita, mitigação de risco e alinhamento de interesses. Essas técnicas, descritas na obra, agregam valor real aos negócios, e gestores de fundos com estratégias claras e disciplina de execução têm grande probabilidade de prosperar em um ambiente seletivo. Parece que existe mais de um caminho para Roma, afinal.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  investimentos gestão de recursos Private equity e venture capital Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
De pai para filha
Próxima matéria
Demonstre consistência



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
De pai para filha
A paixão de Fernanda de Lima por números costumava encher seu pai de orgulho. Mas ele deixava escapar: “Queria tanto...