Alguém pode explicar…

Captação de recursos / Temas / Reportagem / Edição 73 / 1 de setembro de 2009
Por 


Muitas vezes as perguntas simples se revelam as mais difíceis de serem respondidas. Um exemplo recorrente são os pais desconcertados diante das dúvidas singelas manifestadas por seus filhos. A verdade é que nos ocupamos muito com temas complexos e raramente paramos para refletir sobre aspectos supostamente triviais. A fim de quebrar essa rotina, a capital aberto aproveitou o ensejo do seu sexto aniversário para fazer seis perguntas simples àqueles que provavelmente saberiam as respostas. O resultado, você confere nas próximas páginas:

Por que a Câmara de Arbitragem do Mercado (CAM), criada em 2001 para resolver conflitos entre acionistas e companhias, não é usada?

Por que o BNDES financia empresas que não teriam dificuldades para levantar recursos por meio de emissões de debêntures ou de ações?

Por que as incorporações tomaram conta das fusões e aquisições?

Por que as companhias investem tanto em relatórios anuais que são divulgados apenas quando as informações já estão velhas?

Por que algumas empresas ainda mantêm o capital aberto e as ações listadas?

Por que os analistas de investimento ainda raramente recomendam venda, apesar das reiteradas críticas a essa postura?


Quer continuar lendo?

Você já leu {{limit_offline}} conteúdo(s). Gostaria de ler mais {{limit_online}} gratuitamente?
Faça um cadastro!

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Por que a Câmara de Arbitragem do Mercado (CAM), criada em 2001 para resolver conflitos entre acionistas e companhias, não é usada?
Próxima matéria
Os abacaxis da Bolsa




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Por que a Câmara de Arbitragem do Mercado (CAM), criada em 2001 para resolver conflitos entre acionistas e companhias, não é usada?
Criada em 2001 pela Bovespa, no âmbito dos níveis diferenciados de governança corporativa, a Câmara de Arbitragem do Mercado...