Acusadas de contribuir para a crise financeira, as agências de rating também devem ser reguladas pela CVM?

Legislação e Regulamentação / Antítese / Temas / Edição 72 / 1 de agosto de 2009
Por 



SIM
Medida desnecessária

Agências já estão sujeitas à responsabilidade
civil no que se refere à diligência e imparcialidade

Por Ana Carolina de Salles Freire


NÃO
Mais que uma opinião
Os ratings não podem ser comparados às informações
publicadas pela mídia e equipes de sell side

Por Luiz Fernando Araújo


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
O "velho" mercado resiste
Próxima matéria
Medida desnecessária




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
O "velho" mercado resiste
A criação de segmentos diferenciados de listagem pela BM&FBovespa — Nível 1, Nível 2 e Novo Mercado — foi, sem dúvida,...