Desconfiança envolve Boeing 737 Max 8 depois de novo desastre com o modelo

Os principais acontecimentos para o mercado de capitais na semana de 11 a 15 de março

Semana / 15 de março de 2019
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Ilustração: Julia Padula

A queda de um Boeing 737 Max 8 pouco depois da decolagem na Etiópia, no último dia 11 de março, levou companhias aéreas do mundo todo a parar de operar com esse tipo de aeronave. É o segundo desastre de grandes proporções com esse modelo de avião — foram 346 mortes em cerca de cinco meses. No Brasil, a Gol é a única empresa a operar com o modelo, tendo sete aeronaves do tipo em sua frota. Todas estão em terra desde o acidente.

No dia seguinte à queda, a Boeing perdeu cerca de 14 bilhões de dólares em valor de mercado e as ações da Gol tiveram baixa de 2,6%. Na quarta-feira, 13 de março, a Boeing informou ter decidido recomendar à Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos a paralisação temporária das operações da frota global de aviões da linha 737 Max.

11.03

– Taurus informa ter firmado acordo para encerrar uma ação judicial movida contra a companhia nos Estados Unidos, referente a supostos defeitos em revólveres de sua fabricação. De acordo com a companhia, o acordo tem o objetivo de minimizar possíveis impactos negativos em seu caixa.

12.03

– CCR obtém a concessão da linha 15-Prata do metrô de São Paulo, oferecendo 160 milhões de reais de outorga, pouco acima do valor mínimo de 159 milhões de reais estabelecido pelo edital do leilão de concessão. Não houve outras ofertas.

– Mercado Livre anuncia que vai oferecer cerca de 1 bilhão de dólares em ações em uma oferta follow on de ações na Nasdaq. A empresa também divulgou ter recebido  investimentos de 750 milhões de dólares do PayPal e de 100 milhões de dólares da Dragoneer.

– Disney comunica que pretende concluir em 20 de março a aquisição de 71,3 bilhões de dólares em ativos da 21st Century Fox.

13.03

– Vale anuncia que o engenheiro civil-geotécnico Pedro Repetto foi incluído no comitê independente de assessoramento extraordinário de segurança de barragens (Ciaseb), que faz parte do conselho de administração, no lugar de Alberto Fabrini. A intenção é agregar “expertise técnica internacional em barragens” ao grupo.

– Spotify apresenta queixa contra a Apple na Comissão Europeia, alegando que a empresa abusa de seu poder para restringir aplicativos na App Store. Segundo o Spotify, a Apple estaria limitando os serviços de streaming de música concorrentes da Apple Music em sua plataforma.

14.03

– CVM abre processo para apurar denúncia de sindicatos ligados ao setor de energia elétrica em relação à nomeação de Elvira Presta, que tomou posse na diretoria financeira e de relações com investidores Eletrobras na terça-feira, 12 de março. Eles pedem a apuração de eventual conflito de interesses na nomeação, já que, antes de tomar posse, ela era integrante do conselho de administração da companhia.

– Pela primeira vez desde 2011, Embraer teve prejuízo no último trimestre do ano em 2018. A companhia apresentou resultado negativo de 78,1 milhões de reais entre outubro e dezembro do ano passado, ante lucro de 132 milhões de reais em igual intervalo de 2017.

– Ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concede liminar que dá liberdade aos 13 funcionários da Vale e da empresa Tüv Süd presos após o início das investigações que apuram suas responsabilidades no rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG).

– Santander lança a plataforma digital de investimentos Pi, que não tem ligação com a Santander Corretora e receberá aplicações a partir de 50 reais.

– Pela primeira vez na história, B3 ultrapasse os 99 mil pontos, encerrando o dia em 99.136 pontos.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 36 00

Mensal

Acesso Digital
-
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Completa

R$ 42 00

Mensal

Acesso Digital
Edição Impressa
Desconto de 10% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Corporativa

R$ 69 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 15% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital

Clube de conhecimento

R$ 89 00

Mensal

Acesso Digital - 5 senhas
-
Desconto de 20% em grupos de discussão, workshops e cursos de atualização
Acervo Digital | Acervo de Áudios



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Entre a responsabilidade e a conivência
Próxima matéria
Charge do mês - Edição 166



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
Entre a responsabilidade e a conivência
O massacre na escola de Suzano, na grande São Paulo, reacendeu pela via do sofrimento o debate em torno da produção e venda...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}