A especialização é essencial

Sem categoria / 22 de outubro de 2014
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


O mercado de capitais brasileiro cresceu, assim como o número de conflitos societários. O poder judiciário, no entanto, enfrenta dificuldades para resolver as pendengas que envolvem acionistas de companhias abertas. A solução é a especialização da Justiça. Este foi o tema do primeiro encontro do Grupo de Discussão de Relações Societárias, realizado no dia 22 de outubro, em São Paulo.

Confira algumas opiniões debatidas durante o evento:


Quer continuar lendo?

Você já leu {{limit_offline}} conteúdo(s). Gostaria de ler mais {{limit_online}} gratuitamente?
Faça um cadastro!

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
"Para o executivo pensar como acionista, ele precisa comprar diretamente ações no mercado", diz executiva da Blackrock
Próxima matéria
O impacto do 1º turno da eleição sobre o mercado de capitais




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
"Para o executivo pensar como acionista, ele precisa comprar diretamente ações no mercado", diz executiva da Blackrock
O pensamento praticamente unânime é que a melhor maneira de alinhar os interesses de executivo e acionista é obrigar o diretor...