Professor Notável: Sérgio de Iudícibus

12/12/2013

Sem categoria / 28 de novembro de 2013
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Eliseu Martins*/ Ilustração: Julia Padula

O Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRC-SP) instituiu, no corrente ano, um diploma de honra ao mérito para premiação de docente, com o título de Professor Notável. Data da premiação do primeiro agraciado: 16/12/2013. Primeiro agraciado: professor doutor Sérgio de Iudícibus!

Melhor e mais justa premiação não poderia existir. O professor Sérgio foi o responsável por estabelecer um programa de ensino de contabilidade pioneiro no Brasil. Desenvolvido na FEA-USP na década de 1960, o projeto mudou completamente a metodologia didática nesse campo e devolveu a contabilidade à sua origem: instrumento de controle e de decisão dos gestores, dos investidores e principalmente — mas não somente — dos credores. O plano fora bancado pelo professor José da Costa Boucinhas, quebrando a tradição brasileira de seguir o puro aziendalismo europeu continental (italiano, principalmente), com o professor Alkindar de Toledo Ramos como seu braço direito. Mas foi Sérgio de Iudícibus quem acabou por firmar a sua implementação, coordenando o famoso livro Contabilidade introdutória, que deu início a uma série de publicações de diversos docentes da universidade, cujas vendas ultrapassaram 5 milhões de exemplares até hoje.

Aquela guinada para seguir o modelo americano colocou a USP na liderança do ensino contábil no Brasil. De forma que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), ao surgir, em 1976, procurou a Fipecafi, criada dois anos antes por professores da USP, com o pedido de que escrevesse o Manual de contabilidade das sociedades por ações. A autarquia inclusive financiou a primeira edição. O objetivo era ensinar o conteúdo integral da Lei das S.As., porque aquela era a única escola em que se lecionava, havia tempo, tudo o que de novo trazia a Lei: equivalência patrimonial, balanço consolidado, demonstração de origens e aplicações de recursos, correção monetária, forte observância ao regime de competência, etc.

O professor Sérgio foi, em 1990, o primeiro coordenador da Comissão Consultiva de Normas Contábeis da CVM, que acabou redundando, mais recentemente, no Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). Orientou, e ainda orienta, dezenas e dezenas de pesquisadores (eu entre eles; que felicidade!) e possui milhares ou talvez milhões de entusiastas.

Pena que um blog seja pequeno demais para o enorme tamanho do papel e da influência na contabilidade brasileira do Notável Professor Sérgio de Iudícibus.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CVM CAPITAL ABERTO mercado de capitais CPC Lei das S.As. Fipecafi Comissão Consultiva de Normas Contábeis aziendalismo Contabilidade introdutória CRC-SP FEA-USP José da Costa Boucinhas Manual de contabilidade das sociedades por ações Professor Notável Sérgio de Iudícibus Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Notícias dos pampas
Próxima matéria
O que tem a ver a definição de ativo contábil com o seu bolso?



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Notícias dos pampas
O poderoso secretário de Comércio Internacional da Argentina, Guillermo Moreno, foi constrangido pela presidente Cristina...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}