Pessimismo, pessimismo, pessimismo
22/1/2014

, Pessimismo, pessimismo, pessimismo, Capital Aberto

Alexandre Póvoa*/ Ilustração: Julia Padula

Há pelo menos 12 anos não vejo o mercado tão pessimista com o Brasil, pelo menos em termos de ativos financeiros.

Naquele terrível 2002, todos os investidores se apavoraram com a potencial eleição do Lula, clima que se deteriorou ainda mais com a correta, mas fora de hora decisão de marcação a mercado dos fundos de investimento.

Em 2014, nove em cada dez investidores locais torcem o nariz quando falam de preço de bolsa, de prefixados, de NTN-Bs. Não há prêmio no preço dos papéis que motive o investidor local a entrar no jogo. Existe quase uma unanimidade de que estamos condenados eternamente a ser um país dois por seis: 2% de crescimento do PIB e 6% de inflação.

Os estrangeiros com quem conversamos começam a prestar a atenção em alguns ativos específicos. Apesar de o Brasil estar longe do primeiro lugar da fila de preferências de investimento, o nível de pessimismo não chega nem perto do sentimento dos brasileiros.

Preços caindo, bolsa abaixo de 49 mil pontos, prefixados e NTN-Bs apontando para um juro real próximo a 6,5% mesmo em prazos mais longos — pessimismo total.

O mercado pode piorar ainda mais? É claro que sim. Mas, para quem já viveu tempos de euforia e depressão, e tem espaço de caixa para alocar recursos num prazo mais longo, pode estar chegando a hora de uma entrada paulatina em determinados ativos no Brasil.

Quem viver verá.


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.