Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Para gestores de private equity, Peru é o novo Brasil

Internacional_S27_Pt

Na visão de fundos de private equity com foco em América Latina, a desaceleração do crescimento de países emergentes oferece oportunidades de compra. Ainda assim, o clima de cautela é mais intenso do que se poderia imaginar, tendo em vista as barganhas da região para quem possui dólares. Essa foi a mensagem do painel sobre fusões e aquisições (M&A) apresentado no Brazil Issues & Investors Forum, evento promovido, em 19 de abril, pela revista Latin Finance.

Dois países são vistos com ressalvas: Brasil e Argentina. Em ambos os casos, a incerteza política é o motor da desconfiança, comenta Hans Lin, diretor do Bank of America Merrill Lynch no Brasil. Aqui há barganhas por causa do câmbio desvalorizado e porque muitas empresas estão endividadas, em busca de um investidor para salvá-las. Contudo, os potenciais compradores não têm clareza em relação às regras do jogo e, portanto, preferem esperar.

Já na Argentina as perspectivas econômicas até são boas diante das reformas liberalizantes que o novo presidente, Mauricio Macri, está promovendo. O que não se sabe é se elas vão durar. “Se Macri não for reeleito, um peronista pode voltar ao poder e desfazer todas as reformas, pondo os investimentos em risco”, diz Juan Carlos Felix, diretor da gestora de private equity Carlyle na América do Sul.

Na contramão está o Peru, queridinho dos gestores. A Carlyle, por exemplo, captou US$ 350 milhões para investir na nação andina. Desse total, já gastou metade e pretende investir o restante em breve. Uma opção é chamar capital de outros fundos não específicos para engordar as apostas. Mas o que torna o Peru tão atraente? O país vem crescendo de forma consistente nos últimos anos, sua política é relativamente estável e há uma nova classe média ascendendo, ávida por consumir, enumera Felix. Em resumo, o Peru é o novo Brasil. Ou melhor, o Brasil de cinco anos atrás.


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.